Adeus ao Comércio do Jahu

Chegou a hora da despedida. O COMÉRCIO DO JAHU encerrou suas atividades no domingo. É uma despedida dolorosa, pois o “nosso jornal” era o arauto da população Jauense e, porque não? também das cidades da região. Ele era o órgão informativo que levava, todos os dias, o informe de tudo o que estava acontecendo. Era o companheiro de todas as manhãs, acompanhando o café da população.

Em outras épocas sua famosa sirene avisava aos munícipes sobre importantes fatos locais, nacionais e até internacionais. Ele era aguardado por todos, inclusive nos cafés da cidade. Ele deixará saudades. Emudece, mas não será esquecido jamais.

 

P. Preto (Paulo Oscar Ferreira Schwarz), jornalista e colunista do Comércio do Jahu por 51 anos