Bariri: Ministro nega recurso e Bariri pode ter novas eleições

Bariri: Ministro nega recurso e Bariri pode ter novas eleições

Por José Luiz H. Galazzini 02/06/2017 - 08:28

O Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luiz Fux negou na ulltima quarta-feira, 31, em decisão monocrática recurso da chapa de Neto Leoni e Dito Mazotti (PSDB) contra decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) que indeferiu o registro de candidatura da chapa.

Agora cabe a chapa de Leoni e Mazotti entrar ou não com novo recurso contra decisão. Caso isso não ocorrea, o TRE deve marcar novas eleições.

Em outubro de 2016, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo deu provimento a recurso eleitoral e indeferiu o registro dos candidatos da coligação Acelera Bariri. No mesmo mês, eles haviam sido eleitos prefeito e vice de Bariri para a legislatura 2017-2020.

A coligação do segundo colocado Airton Pegoraro e o Ministério Público Eleitoral haviam requerido a impugnação do registro da candidatura de Mazotti com base na Lei da Ficha Limpa.

A motivação foi relacionada a duas ações por supostos atos de improbidade administrativa julgadas procedentes em primeira e segunda instâncias. Os processos tratam de possível uso político de medicamentos.

A Justiça Eleitoral de Bariri não acolheu a solicitação e deferiu o pedido de registro de candidatura dos dois tucanos. As partes derrotadas recorreram ao TRE, que, por unanimidade, deu provimento ao recurso eleitoral. Foram sete votos pela cassação do registro da chapa vencedora da eleição de domingo.

Conteudo:jornalcandeia