Morre de infarto João Carlos Móia, ex-jogador e ex-preparador físico do XV

Móia tem uma trajetória profissional ligada ao XV de Jaú. Além de jogar pelo clube chegou a trabalhar como preparador físico em 1976

Por Paulo Grange 02/07/2019 - 13:52
Móia com Luciano e Ratinho no time do XV em 2003
 

O XV de Jaú está de luto pela morte de João Carlos Móia, ex-jogador e ex-preparador físico do clube dos anos 70 até os anos 2000. Móia, 71 anos, morreu na manhã desta terça-feira (2/07) vítima de infarto fulminante. Segundo informações, ele estava em sítio no bairro rural de Iguatemi na companhia de familiares, conforme informação divulgada pelo site horahnoticia.com.br.

Quando o Samu chegou ao local para atendimento já foi constada a morte do ex-preparador físico. A Funerária Jauense foi acionada para fazer a remoção do corpo e preparar o velório. Ainda não há informações sobre horário e local do velório. O sepultamento deverá ocorrer na quarta-feira. Ele deixa esposa, duas filhas e um filho (Dudu Móia, que também jogou e trabalhou no XV).

Móia tem uma trajetória profissional ligada ao XV de Jaú. Além de jogar pelo clube nos anos 60 chegou a trabalhar como preparador físico a partir de 1976, ano em que voltou a ter acesso no Campeonato Paulista. O XV, aliás, viria a subir para elite no fim da temporada.

 
O VELÓRIO ESTÁ SENDO REALIZADO NO VELÓRIO DA FUNERÁRIA JAUENSE. O SEPULTAMENTO SERÁ NESTA QUARTA-FEIRA, SAINDO àS 9H DO CONJUNTO VELATÓRIO OSWALDO IZATTO PARA O CEMITÉRIO MUNICIPAL DE JAÚ.
 
 
Móia, à esquerda no time de 1976
 

Naquele time (foto) estavam os seguintes jogadores: EM PÉ: preparador físico Moya, massagista Tonhão, Paulinho Cardoso, Marco Antônio, Zé Eduardo, Nenê, Valdomiro, Pelezinho, Sabará, Pedrinho, Emir, Ico e preparador de goleiros Claudio Belo; SENTADOS NO BANCO: técnico Nestor Alves, Ciola, Ademir Mello, Betinho Navarro, Ivinho, Passoca, Paulinho, Edu e Gerson. SENTADOS NA GRAMA: Zé Luis, Florisvaldo, Torrezam, Darcy e Valentim.

Móia no Xv em 2003

 

Móia trabalhou no XV ao lado de muitos treinadores. Ele também fez parte de outro momento importante da história do XV, o acesso à primeira divisão em 1995. Na época, ele era o preparador físico do XV no time do técnico José Poy durante a Série A-2. Ele continuou no clube por mais algum tempo até se aposentar. Foto acima mostra ele em ação em 2003.

  
  
xv 66 - ari, tiry, tuniro, tota, moya, alfinete - miro, giba, zizico, nascimento e dito galante
 
  
xv 66 - ari, moya, moretto, mascaro, alfinete, tuniro, tota, du e adauto - capelozza 3, dito, clemente, giba, nascimento e de