Jogo do XV tem minuto de silêncio pelos 10 anos da morte de Bauab

Waldemar Bauab. Bauab foi um dos políticos mais importantes da história de Jaú, chegando a presidir o XV e a Federação Paulista de Futebol

Por Paulo Grange 07/04/2019 - 08:07

 

O jogo entre XV de Jaú e Brasilis, às 10h deste domingo, no Jauzão, pelo Campeonato Paulista, só vai começar depois do minuto de silêncio em homenagem aos 10 anos da morte de Waldemar Bauab. Bauab foi um dos políticos mais importantes da história de Jaú, chegando a presidir o XV e a Federação Paulista de Futebol.

Entre suas realizações está a de presidente do XV de Jaú nos anos 70, num dos principais momentos do clube jauense. Como prefeito de Jaú, Bauab participou da inauguração do Estádio Zezinho Magalhães em 1973. Ele foi um grande incentivador do clube jauense, contribuindo para levá-lo para a divisão especial em 1976.

Bauab presidiu a Federação Paulista de Futebol (FPF) na década de 80, ocupando o cargo deixado por José Maria Marin, que se afastou para a disputa do governo do Estado.

Foi vereador na década de 50 em Barra Bonita. Anos depois foi vereador em Jaú e presidiu a Câmara Municipal. No ano de 1972 foi eleito prefeito para o mandato de 73 a 76. Reelegeu-se em 1992, comandando Jaú de 93 a 96. Morreu em 4 de abril de 2009.