Construção das UBS do Crispim, do Bela Vista e do Pedro Julian está na reta final

Prefeitura não informa quando vai inaugurar as três unidades

Por Paulo Grange 08/03/2019 - 17:16

As obras das Unidades Básicas de Saúde (UBS) São Crispim, Jardim Bela Vista e Jardim Pedro Julian, no Distrito de Potunduva, estão em fase final.


Em 28 dezembro de 2018, a Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Obras, recebeu provisoriamente das empresas responsáveis pelas construções os prédios das unidades, e elas têm até 28 de março para entregar as obras definitivamente, data em que a Secretaria de Saúde poderá iniciar a limpeza e instalação de móveis e equipamentos. “Essas novas unidades que estão em fase de conclusão são em três bairros importantes e populosos do nosso Município, com alta demanda de atendimento. São mais de três milhões de reais em investimentos por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Jahu e o Ministério da Saúde. Assim que essas obras estiverem definitivamente concluídas, nosso objetivo é a contratação dos profissionais que eventualmente precisarão ser contratados para suprir essa demanda, assim como a compra de mobiliário e equipamentos. Todo esse trabalho só é possível graças ao equilíbrio das contas públicas da nossa cidade”, reforça o prefeito Rafael Agostini.
Todas as unidades possuem área de embarque e desembarque coberta, sala de recepção e espera com capacidade para 30 pessoas,sanitários masculino e feminino adaptados para pessoas com necessidades especiais, sala de procedimento e coleta com sanitário para pessoas com necessidades especiais, sala de atividades coletivas, consultório odontológico, sala de esterilização e guarda de material esterilizado, sala de assitente social, farmácia com estocagem e dispensação de medicamentos, sala de arquivo, sala de inalação, cinco consultórios médicos, sendo 2 com sanitários anexos, sala de vacinas, sala de administração e gerência, depósito de material de limpeza, copa para funcionários, sanitários masculino e feminino para funcionários, vestiário para funcionários, sala de utilidades (expurgo), almoxarifado, cisterna para capitação de águas pluviais, três depósitos de resíduos (reciclados, comuns e contaminados), área externa coberta para funcionários e estacionamento interno para funcionários.
O projeto de melhoria das unidades básicas de saúde faz parte do planejamento da atual administração, iniciada em 2013 sob a gestão do prefeito Rafael Agostini. Consiste num amplo programa de reforma e ampliação de unidades já existentes e construção de novas UBS. Esse conjunto de investimento no Município visa transformar o setor de saúde.“Reformamos nove unidades básicas de saúde, com objetivo de melhorar significativamente a qualidade das estruturas dos postos de saúde que se encontravam mais danificados. Quando assumimos a administração em 2013, haviam na conta vinculada da Saúde poucos recursos vindos do Ministério para realizarmos reforma e ampliação de todas as unidades de saúde do Município. Decidimos prestar um serviço de qualidade para a população e realizar as obras por completo. Buscamos recursos junto ao Ministério da Saúde para ampliar o número de unidades básicas de saúde em Jahu, pois a demanda pelos serviços da rede básica de saúde é muito alta. São atendidas aproximadamente 15 mil pessoas por mês. Todas as reformas foram feitas por meio de parceria entre o Município e o Ministério da Saúde, garantindo, assim, a melhoria da qualidade física e da infraestrutura das unidades básicas para melhor atender a população. As pessoas esperam um atendimento mais humanizado, mais digno. Acreditamos que o aspecto físico dos equipamentos de saúde é fundamental para mostrarmos o respeito que a administração tem com a população. Queremos oferecer mais conforto, mais comodidade e mais dignidade para que, quando o cidadão procurar uma unidade de saúde, sinta que a administração tem uma preocupação em oferecer esse atendimento mais digno. E isso só foi possível porque nossa administração dispôs de recursos financeiros da Prefeitura para fazermos mais do que estava previsto inicialmente”.
Os investimentos foram R$ 965.273,07, sendo R$ 512 mil do Ministério da Saúde e R$ 453.273,07 em recursos próprios na UBS Bela Vista; R$ 935.140,14, sendo R$ 512 mil do Ministério da Saúde e R$ 423.140,14 em recursos próprios na UBS São Crispim; e R$ 1.197.242,06, sendo R$ 512 mil do Ministério da Saúde e R$ 685.242,06 em recursos próprios na UBS Pedro Julian.
Localização das unidades:
UBS Bela Vista: Rua Marcel Maziteli Trindade 221, Residencial Bela Vista
UBS São Crispim: Rua Roberto Crozera 501 - Jardim São Crispim
UBS Pedro Julian: Rua Pedro Amâncio de Oliveira 335 - Residencial Pedro Julian