GloboEsporte.com faz reportagem com Batalla, que manda recado ao amigo Borja

Atleta tem se destacado na Segunda Divisão, onde é artilheiro com seis gols

Por Paulo Grange 10/05/2019 - 15:32

Colombiano lidera artilharia da 4ª Divisão do Paulista e dá dicas a ex-parceiro Borja, do Palmeiras

Néider Batalla, do XV de Jaú, jogou com centroavante do Verdão no Cortuluá e aconselha: "Vá para outro time onde se sinta mais à vontade"

Por Emilio Botta — Jaú, SP / GloboEsporte.com

Camisa 9, colombiano e artilheiro. As características poderiam facilmente descrever Miguel Borja, centroavante do Palmeiras, mas estamos falando de Néider Batalla, artilheiro do XV de Jaú e da quarta e última divisão do Campeonato Paulista.

Autor de seis gols em cinco jogos, Batalla foi companheiro de Borja no colombiano Cortuluá, time que o centroavante palmeirense defendeu em 2016 marcando 22 gols em 25 jogos, e que abriu as portas para a transferência ao Atlético Nacional.

A boa fase de Borja à época fez com que Batalla tivesse poucas oportunidades como titular, até por ter apenas 17 anos. Por isso, sobram elogios ao atacante palmeirense e um conselho: buscar um novo clube.

 – Borja é experiente, sabe que trabalhando e confiando em si mesmo tem tudo para dar a volta por cima – aconselha Batalla.

 – Joguei com Borja no Cortuluá. É um jogador muito potente, tem boa batida e na área é muito bom. Gosto muito dele. Borja é experiente, sabe que trabalhando e confiando em si mesmo tem tudo para dar a volta por cima. Eu diria a ele que vá para outro time onde se sinta mais à vontade e com novos ares – disse Batalla.

 
Batalla comemora um dos gols marcados pelo XV de Jaú — Foto: Paulo César Grange/XV de Jaú

Batalla comemora um dos gols marcados pelo XV de Jaú — Foto: Paulo César Grange/XV de Jaú

Um dos cinco colombianos do elenco do XV de Jaú, Néider Batalla chegou ao interior paulista por intermédio de um empresário colombiano, que filtra talentos por lá e os coloca no futebol brasileiro.

– Minha adaptação foi muito boa, rápida. O começo foi difícil por causa do idioma e por estar longe da família, mas encontrei pessoas que me ajudaram e hoje me sinto em casa. Gosto muito do futebol brasileiro, muito rápido, técnico e com jogadores habilidosos. São times que jogam para frente, acho isso muito legal – analisou o colombiano, que em 2018 defendeu o Itapirense na mesma divisão.

 
 
Batalla e os outros quatro colombianos que fazem parte do elenco do XV de Jaú  — Foto: Lúcio Bono

Batalla e os outros quatro colombianos que fazem parte do elenco do XV de Jaú — Foto: Lúcio Bono

Batalla soma seis gols (confira no vídeo abaixo) em cinco jogos pelo XV de Jaú na temporada, números melhores que os de Miguel Borja neste ano pelo Palmeiras (três gols em 12 partidas). Aos 21 anos, Batalla tem como grande objetivo vestir a camisa de um grande clube do futebol brasileiro.

– Tenho feito muitos gols no Brasil porque o estilo de jogo é parecido com o meu, rápido, habilidoso, potente. Todos da comissão técnica me ajudam com conselhos dentro e fora de campo. Sonho em jogar em um time do Brasileirão, desde que cheguei aqui no ano passado essa é a meta. Vou conseguir isso fazendo bem o meu trabalho. Gosto do Palmeiras e Flamengo, gosto de times que têm colombianos – revelou.

 

Os seis gols de Batalha – quase metade dos 13 marcados pelo XV de Jaú na competição – ajudaram o Galo da Comarca a ter a vice-liderança do Grupo 3 da Segundona e ostentar invencibilidade após cinco jogos – três vitórias e dois empates.

– Graças a Deus o time começou muito bem, mas ainda temos coisas a melhorar. Vamos corrigindo aos poucos com treinos e jogos para conseguirmos o acesso, que é o grande objetivo do nosso time.

 

 

leia matéria diretamente no portal do GloboEsporte.com

CLIQUE AQUI