Justiça bloqueia contas da Santa Casa de Dois Córregos

Jornal Independente noticia que Justiça Federal determina bloqueio das contas bancárias da Santa Casa de Misericórdia

Por Paulo Grange 11/02/2019 - 20:25

A Justiça Federal determinou o bloqueio das contas bancárias da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos na sexta-feira, 08 de fevereiro.

Com a medida, foram bloqueados pouco mais de meio milhão de reais  existentes em  diversas contas mantidas pela Santa Casa. A reportagem do JI DIGITAL, o jurídico do hospital está tomando as medidas  requerendo que a decisão seja revertida.

O bloqueio não atingiu os recursos da venda do velório ao município,  visto que o Santa Casa já havia os havia utilizado para pagamentos de funcionários, médicos e fornecedores.

A determinação judicial é decorrente de ação ajuizada pelo Ministério Público Federal, através da Procuradoria da República no Município de Jaú.

Entenda o caso

O processo se refere a um desdobramento do caso Sanguessugas.

A máfia das Sanguessugas foi o esquema descoberto pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, no Estado do Mato Grosso. Nele, deputados, prefeitos e empresários atuavam num esquema que desviava dinheiro da Fundação Nacional de Saúde para compra de ambulâncias.

A ação proposta em 2009 pela Procuradoria da República de Jaú é movida contra diversos empresários,  ex-deputados federais,  ex-secretário executivo do Ministério da Saúde,  servidoras do Ministério da Saúde e a Superintendente e Provedora da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos dá época.

Segundo a Controladoria Geral da União e o Ministério da Saúde, seis convênios firmados entre o ministério e a Santa Casa de Dois Córregos, geraram prejuízos superiores a 600 mil reais aos cofres da União. Neles teriam sido verificadas irregularidades como superfaturamento e direcionamento na compra de ambulâncias equipamentos e materiais permanentes hospitalares

Entre os equipamentos adquiridos pela Santa Casa de Dois Córregos através do esquema dos parlamentares denunciados, estão três ambulâncias Pegeot. Elas foram cedidas em comodato, pelo hospital, ao município e utilizadas pelo Departamento de Saúde, no transporte de pacientes.

FONTE: JORNAL INDEPENDENTE