Capítulo Monte Moriah da Ordem DeMolay de Jaú realiza o Arrastão da Solidariedade.

Capítulo Monte Moriah da Ordem DeMolay de Jaú realiza o Arrastão da Solidariedade.

Por José Luiz H. Galazzini 11/04/2018 - 19:11

O Arrastão da Solidariedade foi iniciado no último sábado (07/04) com apanfletagem nas residências dos bairros a serem trabalhados e na sequencia no dia 15/04 (domingo) as equipes passarão arrecadando alimentos não perecíveis e oléo usado, simultaneamente nos bairros: Jardim São José, Jardim Carolina, Vila Netinho, Jardim Jussara, Jardim Olímpia, Jardim Novo Horizonte, Jardim Dona Emília e Jardim Cila Bauab no periodo da manhã.

A partida do projeto ocorrerá na Loja Maçônica União e Caridade Jauense, a rua José Toscano Neto, 640, Vila Netinho às 7 horas da manhã, com as equipes de coleta com apoio das entidades parceiras: Lojas Maçonicas, Ordem dos Escudeiros, Filhas de Jó - Bethel 12 Lírios do Jaú, Polícia Militar, Tiro de Guerra, Clube dos Jipeiros, Rotary Clube,  Rotaract Clube e empresas do município, envolvendo mais de 250 pessoas direta e indiretamente para a realização do projeto.

O Capítulo Monte Moriah nº 468 do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), vem realizando o Arrastão da Solidariedade desde 2012,  é uma campanha organizada pela Ordem DeMolay, por meio do Grande Capítulo Estadual, que consiste em uma grande coleta de alimentos não perecíveis em bairros da cidade, batendo de porta em porta nas residências para pedir doações de alimentos e óleo usado. No ano passado foram arrecacadados aproximadamente três toneladas de alimentos, que foram doados a instituições da própria cidade: Abrigo São Lourenço, Nosso Lar, Asilo São Vicente de Paula, Creche Jardim das Acácias, Projeto Social Maria Luiza IV, ONG 1%. Esse ano a expectativa é superar a quantia arreacada em 2017, podendo ajudar mais as intituições que vierem solicitar o auxilio.

“Esse projeto faz parte do Desafio Nacional de Filantropia da Ordem DeMolay para o Brasil, desde quando começamos o projeto em 2012 observamos o crescimento da vontade do cidadão em ajudar cada vez mais o próximo, sendo com doação de alimentos não perecíveis ou oléo usado. Nossa meta é aumentar a cada ano que passa a quantidade de bairros para que possamos fazer o bem e ajudar um número maior de instituições e pessoas possíveis, diz o Mestre Conselheiro do Capítulo Monte Moriah da Ordem DeMolay de Jaú, Leandro Bazaglia de Castro”

A Ordem DeMolay é a maior organização juvenil do mundo, de fins filosóficos,filantrópicos, e sem fins lucrativos, trabalha alicerçada na máxima de que “educando-se o jovem estaremos nos eximindo da tarefa de ter que castigar o adulto” tem como objetivo formar jovens do sexo masculino de 12 à 21 anos de idade para que se tornem cidadãos e líderes através do desenvolvimento e fortalecimento da personalidade e enfatizando virtudes indispensáveis para a boa conduta social: “Amor Filial”, “Reverência Pelas Coisas Sagradas”, “Cortesia”, “Companheirismo”, Fidelidade”, “Pureza” e “Patriotismo” (www.demolay.org.br).