Ossada humana é achada em meio a canavial de Jaú

Restos mortais serão periciados para identificação da vítima e a Polícia Civil vai investigar o caso como morte suspeita

Por José Luiz H. Galazzini 12/01/2018 - 06:55

Uma ossada humana foi encontrada na tarde dessa quinta-feira (11) num canavial às margens de uma estrada de terra no prolongamento da avenida João Chammas, no Jardim Padre Augusto Sani, em Jaú.

Segundo a Polícia Civil, funcionário de uma fazenda avistou um crânio durante o trabalho de preparo da terra e acionou a Polícia Militar (PM). A cerca de dois metros do crânio, os policiais encontraram o tronco com os membros inferiores.

Outros pequenos ossos também foram arrecadados próximo à estrada de terra. O delegado coordenador da Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú, Gláucio Eduardo Stocco, explica que esses ossos podem ter sido carregados por animais.

"A parte dos pés, por exemplo, não foi localizada", diz. De acordo com ele, o estado de decomposição do corpo inviabilizou qualquer identificação. Eventuais sinais de violência também só poderão ser confirmados por laudo da Polícia Científica.

"A pessoa estava vestida com bermuda com pequenos desenhos de âncora e camiseta com inscrição Bob Marley", conta o delegado. "Foi tudo encaminhado para perícia e aguardamos resultado do laudo pericial para verificar a causa da morte e tentar identificar o cadáver".

A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil como morte suspeita/localização de cadáver e será investigada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).