Morte de macacos em Pederneiras acende alerta para febre amarela

Prefeitura de Pederneiras faz mutirão para intensificar a vacinação contra a doença nas unidades de saúde da cidade e dos 3 distritos

Por José Luiz H. Galazzini 13/01/2018 - 09:05

A morte recente de dois macacos na zona rural de Pederneiras (26 quilômetros de Bauru) acendeu o alerta para a febre amarela no município. Nesta semana, a prefeitura anunciou realização de mutirão para intensificar a vacinação contra a doença em unidades de saúde da cidade e dos distritos de Vanglória, Santelmo e Guaianás.

O Executivo disse que os macacos foram encontrados em datas diferentes. No primeiro caso, registrado há cerca de três semanas, apenas a carcaça do animal foi localizada. O segundo macaco foi achado no último dia 4. "Ambos foram encontrados por moradores de um sítio no distrito de Guaianás, que entraram em contato com a prefeitura", afirma.

"O Instituto Adolfo Lutz e a Vigilância Epidemiológica da Diretoria Regional de Bauru foram acionados e orientaram a Vigilância do município de Pederneiras a avaliar a situação vacinal dos moradores, que estava correta. Os moradores realizaram exames laboratoriais também, conforme protocolos". O resultado deve ficar pronto na semana que vem.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Pederneiras, a população dentro da idade preconizada pelo Ministério da Saúde (dos 9 meses até os 59 anos, 11 meses e 29 dias) está em dia com a vacinação. "Mesmo assim, a prefeitura está realizando o mutirão de intensificação da vacinação, além da vacinação que ocorre normalmente nas unidades de saúde, para prevenir ainda mais qualquer tipo de infecção", diz.

Neste sábado (13), a vacinação contra a febre amarela ocorre nas unidades de saúde dos distritos de Santelmo, Guaianás e Vanglória, das 8h às 12h. No dia 27, último sábado do mês, ela será realizada em todas as unidades de saúde de Pederneiras, no mesmo horário. Durante a semana, os postos de saúde aplicam a vacina de acordo com cronograma que pode ser consultado no site da Prefeitura de Pederneiras.

FEBRE AMARELA

A febre amarela é transmitida pelo mosquito Haemagogus em áreas silvestres e pelo mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue) em áreas urbanas. A infecção acontece quando uma pessoa que nunca contraiu a febre amarela ou tomou vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por mosquito infectado.

Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. Além do homem, a infecção pelo vírus também pode ocorrer em animais, como os macacos. Tanto o macaco quanto o ser humano não transmitem a doença de forma direta.

 

 

Conteúdo.jcnet.com.br