Cristiano Denardi sofre com motor, chega em sexto, mas se mantém líder da F-Vee

Cristiano Denardi sofre com motor, chega em sexto, mas se mantém líder da F-Vee

Por José Luiz H. Galazzini 13/06/2017 - 12:51

"Acima da vitória temos de pensar a longo prazo, no campeonato. Como estou na liderança, meu alvo era tentar chegar à frente do vice-líder. E consegui, deixando ele em sétimo." A frase é de Cristiano Denardi, 37 amos, piloto-farmacêutico de Jaú que se manteve na liderança da Fórmula Vee Brasil após a quinta etapa do Paulista de Automobilismo, dia 10 de junho.

Com problemas no motor, após contratempo no treino oficial, Denardi largou no meio do pelotão e terminou em sexto lugar na prova realizada no Autódromo de Interlagos. Como superou o até então vice-líder, Murilo Latorre, o piloto de Jaú se manteve na ponta, agora com 74 pontos, contra 68 de Heitor Nogueira, que foi o vencedor na corrida.

Diferente das etapas anteriores, quando esteve sempre na briga pelas primeiras posições, desta vez o piloto de Jaú teve que superar problemas de motor. Com perda de potência e de aceleração, Denardi lutou para chegar até o final numa posição que o manteve no topo da classificação do Paulista

 

“Apesar dos problemas, foi importante terminar a prova e somar pontos”, disse Cristiano Denardi, que venceu duas das cinco etapas disputadas até agora. “Chegamos à metade do campeonato, está tudo indefinido. Agora é trabalhar no carro para que os problemas não voltem a acontecer.”

 

A etapa do fim de semana valeu ainda pelo GP Darcy de Medeiros, em homenagem ao chefe dos mecânicos da FVee, que morreu no último dia 30 de maio. A próxima etapa do Campeonato Paulista será nos dias 1 e 2 de julho, em Interlagos, abrindo as comemorações dos 50 anos da Fórmula Vee no Brasil.

 

Análise da prova - "Esta quinta etapa foi de muito aprendizado e superação. Nos treinos livres na sexta-feira fomos P2 com um excelente tempo e um motor bem acertado. No sábado, nas primeiras horas do dia durante o checklist, foi constatado um problema no cabeçote e a peça teve de ser substituída para prevenir uma iminente quebra durante a corrida.

"Sem tempo para fazer o acerto da injeção eletrônica a ideia era usar o tempo de qualificação para retornar ao boxe a cada duas voltas e passar o feedback ao engenheiro. Consegui parar apenas uma vez, logo na saída pra pista uma quebra do pivô da suspensão dianteira me obrigou a abandonar o treino que definiu o grid de largada.

"A equipe correu contra o tempo e conseguiu me entregar o carro faltando poucos minutos para a corrida em que larguei na P7. Logo nas primeiras voltas uma disputa minha com o até então vice-líder do campeonato, que largou na P4, se tornou o grande desafio desta etapa e com isso ficou praticamente impossível se aproximar do pelotão que disputava a P2 com 4 carros colados.

"No fim os pontos da P6 foram suficientes para me manter na liderança da competição e a torcida que compareceu novamente fez a festa apesar do resultado abaixo do esperado, fosse bom se a torcida brasileira em geral fosse como essa de Jaú. Muito obrigado pela energia que vocês me passam."

(Paulo César Grange, com informações de Fernando Santos/F-Vee)

 

Campeonato Paulista

1) Cristiano Denardi - 74 pontos
2) Heitor Nogueira - 68
3) Murillo Latorre - 54
4) Gabriel Silva - 40
4) Zigomar Jr - 40
6) Cesar Gallagi - 30
7) Kenner Garcia - 29
8) Gabriel Paulino - 21
9) Paulo Loco - 10
10) Thiago Vaz - 8
11) Lélio Assumpção - 7
11) Rodrigo Gimmenes - 7
13) Guilherme Silva - 6
13) David Taylor (GBR) - 6
15) Gustavo Camilo - 4
16) Alberto Otazú - 3
17) Suzane Carvalho - 2
18) Plínio Cintra - 1
Outros oito pilotos competiram em pelo menos uma das cinco etapas, mas não pontuaram.

 

Resultado da corrida oficial de sábado

 

1)      Heitor Nogueira – 24min11s994

2)      Gabriel Paulino – a 1s282

3)      Gabriel Silva – a 1s289

4)      Zigomar Jr – a 1s994

5)      Cesar Gallagi – a 2s617

6)      Cristiano Denardi – a 7s832

7)      Murillo Latorre – a 10s947

8)      Guilherme Silva – a 14s898

9)      Lélio Assumpção – a 23s583

10)   Kenner Garcia – a 42s298

11)   Bernardo Dinardi – a 52s071

12)   Alberto Otazú – a 53s408

13)   Rodrigo Gimmenes – a 53s980

14)   Rodrigo Rosset – a 8 voltas

 

 

Crédito da foto: Cláudio Larangeira/Divulgação FVee