Servidores de Jaú suspendem greve após 15 dias sem chegar a acordo com a prefeitura

Paralisação perdeu força após prefeitura conseguir liminar para manter 80% do efetivo trabalhando.

Por José Luiz H. Galazzini 13/06/2017 - 11:25

Os servidores municipais de Jaú (SP) decidiram suspender a greve após 15 dias de paralisação, durante assembleia realizada na noite desta segunda-feira (12). Por causa de uma decisão judicial obtida pela prefeitura, os servidores mantinham 80% do quadro nos postos de trabalho.

Mesmo com o efetivo, as ruas da cidade ficaram cheias de lixo em alguns pontos. Para tentar resolver o problema, foi realizada uma audiência de conciliação no Tribunal de Justiça entre funcionários e prefeitura, mas sem acordo.

Os trabalhadores reivindicam uma margem de negociação de 4% de ganho real, além da correção da inflação referente ao período e um aumento de R$ 100 no abono para refeição, cujo benefício atualmente é de R$ 642.

O prefeito, Rafael Agostini, disse que a prefeitura não tem dinheiro para dar qualquer aumento a categoria. A decisão de suspender a greve, segundo o sindicato, foi pra não prejudicar mais a população.

 

http://g1.globo.com