Bianca Lopes, moradora de Jaú, vence Miss São Paulo

Ela é atriz e vai disputar o Miss Brasil, agendado inicialmente para março do ano que vem

Por José Luiz H. Galazzini 14/10/2018 - 12:35

A estudante de Direito Bianca Lopes, 21 anos, de Jaú, venceu na noite deste sábado (13) o Miss São Paulo Be Emotion 2019. "Foi muito difícil chegar até aqui e acho que venci minha maior rival: eu mesma. Participo de concursos desde os 17 anos e sempre acompanhei e gostei, e meu maior objetivo com esse título é poder levar direitos iguais a todos", disse a miss em entrevista à Folha de São Paulo. Ela é atriz e vai disputar a o Miss Brasil, agendado inicialmente para março do ano que vem, valendo vaga para o Miss Universo 2019.

Bianca foi coroada pela antecessora Paula Palhares, 18 anos, que ficou entre as dez semifinalistas do Miss Brasil deste ano. Em segundo lugar ficou a miss município de São Paulo, Marjorie Correa Angelotti, 23 anos, e em terceiro a Miss Jundiaí, Mariana Pasqualotti Sena, 19 anos.

Com um novo formato, mais enxuto o concurso contou com um total de seis candidatas e foi transmitido ao vivo pelo perfil oficial do certame no Facebook - a transmissão na TV acontece no sábado que vem (20), com uma semana de atraso. 

Além das misses Jaú, Jundiaí e cidade de São Paulo, competiram também moças dos municípios de Peruíbe, São José do Rio Preto e Suzano.

Dinâmica, a abertura foi composta por um vídeo de apresentação de cada uma das jovens, seguido de um desfile de moda casual no palco e uma pré-entrevista curta e individual com a apresentadora Maria Eugênia Suconic. Em seguida, as misses fizeram suas entradas em traje de banho, traje de gala, e a entrevista com os jurados.  Antes do anúncio final, João Appolinário ainda subiu ao palco e fez uma terceira entrevista com cada miss, questionando as causas que elas apoiavam e como pretendiam trabalhá-las com o título.

 As seis finalistas passaram por uma seleção no mês passado que deixou para trás outras 14 candidatas. Esse tipo de casting tem sido aplicado em outras etapas regionais e faz parte do novo formato de seleção da disputa. Na bancada do júri estavam também Natália Guimarães (Miss Brasil 2007), Raíssa Santana (Miss Brasil Be Emotion 2016), Wanderley Nunes (cabeleireiro), Ricardo Almeida (estilista) e Gil Inoue (fotógrafo). A final aconteceu em um palco montado para a convenção da Polishop, no São Paulo Expo, zona sul da capital.