Estudantes participam de atos pela Educação: Bauru reuniu milhares

Protesto se posiciona de forma contrária ao corte de verbas anunciado pelo titular do MEC

Por Paulo Grange 15/05/2019 - 19:56

Fonte: JC.net

Estudantes, professores e funcionários de várias escolas públicas e privadas de Bauru e região, além da Unesp, da USP e de faculdades particulares, assim como militantes políticos (CUT e MST), se concentraram em frente ao Legislativo de Bauru, em ato programado para marcar o Dia Nacional em Defesa da Educação, que acontece nesta quarta-feira (15) em todo País.

O protesto que começou e terminou no mesmo local, teve início por volta das 9h. De lá, seguiram para o Palácio das Cerejeiras em passeata que tomou as avenidas Rodrigues Alves, Nações Unidas e Duque de Caxias, as principais da cidade.

Empunharam faixas e cartazes com dizeres como 'o Brasil precisa de ciência e educação; 'menos armas e mais educação'; 'não ao corte de verbas' etc. Também entoaram palavras de ordem. A maioria vestiu preto em menção ao luto pela educação.

Os organizadores estimaram 10 mil participantes e a Polícia Militar, três mil. A mobilização se posicionou contra o corte de verbas destinadas à manutenção das universidades federais e a programas da Educação Infantil ao Ensino Médio e também foi contrária à reforma da Previdência.

Em Bauru, o protesto foi convocado por entidades de classe como Apeoesp, Udemo e Sinserm, bem como pelo movimento estudantil.

Fotos: Bruno Freitas