Liberação da cerveja nos estádios é aprovada na Alesp. Doria diz que vai vetar

A venda de bebidas alcoólicas já é permitida em mais da metade dos estados do País,

Por Paulo Grange 15/06/2019 - 08:36
fOTO AGÊNCIA BRASIL
 
De autoria do deputado Itamar Borges, o Projeto de Lei 1363/15, que permite a comercialização, propaganda e consumo de bebidas alcoólicas em eventos esportivos nos estádios de futebol e arenas esportivas localizadas no Estado, foi aprovado na Assembleia Legislativa de São Paulo.
 
"Um grande avanço para todos! A venda de bebida alcoólica nos estádios estimula a presença do torcedor, aumenta a arrecadação de tributos pelo Estado, aumenta a geração de empregos e não tem relação com o aumento da violência, grandes exemplos são a Copa das Confederações de 2013, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Vale lembrar que não houve nenhum registro de incidente em nenhuma das 12 arenas que sediaram os jogos da Copa do Mundo", afirma o deputado Itamar Borges.
 
Itamar Borges também recebeu, em seu gabinete na Alesp, a visita do vereador de Ribeirão Preto, André Trindade, falar sobre a experiência positiva da cidade, que possuía uma Lei municipal que liberava a venda de cerveja nos jogos e como isso ajudou a aumentar o público, diminuir o tumulto no entorno dos estádios e gerou mais recursos para o Comercial e o Botafogo, clubes importantes do município. 
 
"Infelizmente, a Lei de Ribeirão Preto perdeu a validade por conta da legislação estadual, que atualmente proíbe a venda da cerveja nos estádios. É como dizem, não é só futebol! Há uma série de fatores envolvidos e não podemos deixar que o nosso Estado, os clubes, torcedores e a população sejam prejudicados" destaca o deputado Itamar.
 
A venda de bebidas alcoólicas já é permitida em mais da metade dos estados do País, como Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Ceará, Alagoas, Santa Catarina, Pernambuco, e São Paulo estava ficando de fora de algumas competições. 
 
O PL de Itamar Borges conta com o apoio de diversos deputados e da Federação Paulista de Futebol (FPF) e quer beneficiar os clubes, os torcedores e garantir que todos possam se divertir com responsabilidade e moderação. "Não se justifica que o Estado de São Paulo, líder da Federação, mantenha essa proibição", completa o parlamentar.
 
O texto segue agora para sanção do governador João Doria.
 

AO PORTAL G1, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que vai vetar o projeto de lei. LEIA ABAIXO:

Segundo o tucano, “o projeto é inconstitucional”. “Sendo inconstitucional, o governador não pode sancionar. Irei vetar”, disse na tarde desta sexta-feira (14).

A venda, distribuição e o consumo de bebidas alcoólicas foram proibidos oficialmente dentro de um raio de até 200 metros da entrada dos estádios de futebol do estado de São Paulo em 1996 por meio da lei estadual 9.470/96.