Seis pessoas são presas por tráfico de drogas em Jaú

Seis pessoas são presas por tráfico de drogas em Jaú

Por José Luiz H. Galazzini 15/09/2017 - 23:31

Na última fase da Operação "Sertanejo", ocorrida na tarde desta sexta-feira (15), policiais civis de Jaú e das delegacias de polícia de Dois Córregos e Mineiros do Tietê prenderam seis pessoas pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte de arma de calibre restrito, segundo a polícia.

Foram detidos José Aelton Galdino, vulgo "Pinha", 33 anos; Roberto Fernando Alves, 25 anos; Carlos Alberto Araújo de Matos, 23 anos; Tiago Fernando Correa de Matos, 19 anos; Claudiane dos Santos e Noemia Galdino de Matos, 73 anos.

A polícia informou que todos tiveram suas prisões temporárias decretadas pela Primeira Vara Criminal de Dois Córregos em razão do trabalho de investigação e de inteligência realizados pelos policiais civis da Delegacia de Dois Córregos e da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jaú..

Também foram deferidos mandados de buscas para as residências dos investigados, onde foram localizados 19 porções de maconha, diversos pinos para cocaína vazios, R$ 2.964,00 em dinheiro, além de documentos com provável contabilidade do tráfico, aparelhos celulares, notebooks e equipamentos de monitoramento das imagens do principal ponto de venda de drogas, a casa do "Pinha", acusado de ser o líder da organização criminosa. Também foram apreendidos um veículo Honda Civic e uma motocicleta Honda 150, ambos pertencentes a “Pinha”.

Na residência de Noemia, a mãe de "Pinha", foi localizado um revólver calibre .38, com numeração raspada e quatro munições. Ela foi presa pelo crime do artigo 16, após assumir a posse do revólver, mas para a polícia há indícios de que a arma pertencia ao filho dela.

Diante dos bens, objetos e drogas apreendidos pelos policiais civis, além das prisões temporárias devidamente cumpridas, deu-se a prisão em flagrante e a decretação das prisões preventivas deles. As mulheres foram para a Penitenciária de Pirajuí e os homens para a Cadeia de Barra Bonita.

'Operação Sertanejo'

Segundo a polícia, na primeira fase da Operação Sertanejo, dois traficantes foram presos em flagrante no dia 3 de abril, com 33 porções de maconha e 40 porções de cocaína, além de R$ 200,00 em dinheiro proveniente do tráfico.

Em 5 de junho foi presa em flagrante uma mulher mantendo em depósito 7 kg de maconha, que seriam vendidos por ela e por outros integrantes da organização. Outro indivíduo, membro do bando, foi preso em 13 de junho por policiais civis de Dois Córregos com 30 porções de cocaína, de acordo com a polícia.

Para os policiais, uma das etapas mais importantes ocorreu no dia 29 de junho e resultou na apreensão de 40 kg de maconha, 2,730 kg de cocaína, 300 gramas de crack e na prisão de cinco indivíduos, dentre eles um dos líderes da organização criminosa, alcunhado de “Chitão”, quem há tempos explorava a atividade criminosa em Dois Córregos e região por meio da quadrilha que liderava ao lado de “Pinha”.

As prisões em flagrante foram convertidas em prisões preventivas, tendo continuidade as investigações em relação a organização criminosa que explorava o tráfico de drogas em Dois Córregos e região.

Outra fase da operação policial ocorreu em 14 de julho, quando três integrantes do grupo criminoso foram presos com 32  porções de maconha, 6 porções de crack e 5 porções de cocaína, além de embalagens para drogas e a quantia de R$ 756,00 em dinheiro.

Segundo a polícia, as investigações e o trabalho de inteligência policial teve continuidade, pois o propósito era desarticular por completo a quadrilha e prender seus principais líderes, o que ocorreu nesta tarde.

A Operação “Sertanejo” resultou na prisão de 18 traficantes que integravam a organização criminosa investigada e na apreensão de mais de 60 kg de drogas.