Técnico China, do XV, é entrevistado pelo Comércio do Jahu sobre planos para 2019

Técnico China, do XV, é entrevistado pelo Comércio do Jahu sobre planos para 2019

Por José Luiz H. Galazzini 16/12/2018 - 20:37

O jornal Comércio do Jahu publicou neste domingo (16/12) entrevista com o treinador do XV, Rogério China, que se apresenta em janeiro ao clube. É a primeira entrevista do treinador a um veículo impresso desde que foi anunciado pela diretoria. Na entrevista, China fala dos planos de contratação, de quando passou pelo XV em 1985, do jeito que gosta de ver um time em campo e da meta inicial de trabalho.

A entrevista concedida ao repórter Matheus Orlando está na íntegra no site do jornal.

Abaixo, veja parte da reportagem

“A ideia é subir para a Série A3 do Paulista”, responde China, o recém-anunciado técnico do XV de Jaú, quando questionado pelo Comércio sobre o objetivo da próxima temporada. “A ideia é tentar subir, não tem outro parâmetro. Meu último acesso foi em 2015 com o Uberlândia, como gerente de futebol. Para o treinador, é complicado ficar muito tempo sem acesso”, completa.

O treinador, cujo nome é Rogério Ferreira Pinto, tem 56 anos, é carioca e foi jogador de futebol.

“O ‘seu’ Zé gostava de jogar para frente. Ele dizia que o futebol tem que ser para frente, e tinha razão”, comenta China. É esta a filosofia de jogo que o técnico pretende implementar no XV de Jaú no próximo ano: China não gosta de passes demais. Prefere pressionar, apertar o adversário e, se necessário, deixar o zagueiro rival “com a cabeça quente de tanto cabecear”.

“A gente pode ter um futebol compacto, no campo do adversário. A ideia é colocar isso em prática”, projeta China.

A mudança para Jaú está prevista para o início de janeiro, quando deverá acontecer sua apresentação oficial.

As primeiras contratações de jogadores também estão previstas para os primeiros dias de 2019.

Há tratativas com Ferroviária, Novorizontino e outros clubes, além da empresa de agenciamento Head Soccer, para viabilizar a vinda de atletas.

China pensa em começar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão com um elenco enxuto, com 18 atletas, e fazer contratações pontuais ao longo da competição. Embora a tabela ainda não tenha sido divulgada, o torneio deve ter início no primeiro quadrimestre do ano.

VEJA NA ÍNTEGRA NO COMÉRCIO

http://www.comerciodojahu.com.br/noticia/1384915/ideia-e-subir-para-a-serie-a3-do-paulista