AES Tietê quer instalar usina de geração solar em Bariri

AES Tietê quer instalar usina de geração solar em Bariri

Por José Luiz H. Galazzini 18/05/2017 - 10:36

A AES Tietê, empresa que administra a Usina Hidrelétrica Álvaro de Souza Lima, de Bariri, pretende instalar na cidade usina para geração de energia elétrica a partir da incidência de raios solares. Tecnicamente, o projeto é denominado minigeração solar fotovoltaica, conforme informação divulgada pela assessoria da Prefeitura de Bariri. Além de Bariri, a AES Tietê tem mais duas propostas semelhantes nas cidades de Cerquilho e Rio Claro.

Recentemente, houve consulta da firma junto à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) sobre a necessidade de licenciamento com avaliação de impacto ambiental para a instalação dos projetos.

A documentação sobre possíveis impactos ambientais começou a tramitar em 2016. Em setembro do ano passado a empresa apresentou diagnóstico ambiental preliminar dos três projetos.

O de Bariri deve ser instalado em área de 10 hectares, situada na Rodovia Braz Fortunato (SP-261), a poucos metros da usina hidrelétrica. Parte da gleba pretendida para o negócio pertence à Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Se a proposta for viabilizada, haverá necessidade de supressão de 241 árvores existentes no local.

Pelo projeto, a energia elétrica gerada pelo sistema fotovoltaico será interligada à rede distribuidora já existente, aumentando a oferta de energia elétrica. No Brasil, a matéria é de competência do Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Conteúdo: JCNet