Águas de Jau visita escolas para falar sobre tratamento de água e esgoto

A ação faz parte do Programa Olhar Ambiental

Por Paulo Grange 19/06/2019 - 12:13
A concessionária Águas de Jahu, por meio das colaboradoras do setor de Qualidade, Segurança, Saúde Ocupacional, Meio Ambiente e Sustentabilidade (QSSMAS), está realizando uma série de visitas a escolas da cidade para falar sobre o tema “A importância do tratamento de água e esgoto para nossas vidas”. A ação faz parte do Programa Olhar Ambiental. 
Na última semana, a equipe visitou três escolas municipais de ensino fundamental, com a participação de cerca de cerca de 90 crianças. Após a palestra, os alunos participaram de uma dinâmica sobre o rio poluído sem tratamento de esgoto e o rio limpo após o tratamento. Ao final, elas receberam um kit educativo sobre o assunto tratado durante as atividades.
As escolas visitadas foram a EMEF Mário Romeu Pelegrino (Jardim Orlando Ometto), a EMEF Alvarina Bizarro Souza (Jardim São Caetano) e a EMEF Caetano Perlatti (Vila Nova). Outros 16 estabelecimentos receberão a atividade no segundo semestre, incluindo os do distrito de Potunduva e dos bairros de Pouso Alegre e Vila Ribeiro, localidades mais afastadas do centro urbano de Jaú.
As palestras da semana passada foram feitas pela líder do QSSMAS, Mariana Burin, e pela estagiária de Meio ambiente, Maria Clara. 

“As visitas foram gratificantes, com muita participação e interação das crianças, que demostraram interesse e, por vezes, surpresa com o que passamos a elas. Estamos entusiasmados com essa atividade, que certamente trará reflexos positivos para a concessionária e para a cidade”, ressaltou Mariana.
O superintendente da concessionária, Ivan Mininel, destaca a importância da conscientização de todos em relação ao saneamento básico para as pessoas, principalmente na saúde e no meio ambiente. 
“Muitas vezes, as pessoas não têm sequer noção de como se processa o tratamento da água e do esgoto e consideram que essa atividade é simples. Levar informações a todos, portanto, é imprescindível para a valorização e conscientização de nosso trabalho e dos benefícios dele para a qualidade de vida da população".