Brotas abre programação cultural com Orquestra Terra Brasilis

A capital do turismo de aventura é destino perfeito para fechar as férias de janeiro

Por José Luiz H. Galazzini 23/01/2018 - 17:44

Brotas é um destino sob medida para fechar as férias de janeiro. Para quem já foi pra praia, agora é uma boa oportunidade para completar o roteiro com natureza, cachoeira, rio e fazenda. Para quem não foi, é o momento para curtir a capital do turismo de aventura e ainda apreciar boa música. Neste final de semana, além dos ensaios dos três blocos que vão desfilar no Carnaval – Força na Peruca, Abelhudos e Mosquito -, que podem ser acompanhados pelos turistas, há duas atrações especiais: show do Daniel e da renomada Orquestra Terra Brasilis, que abrirá a programação cultural 2018 de Brotas.

O sertanejo faz três apresentações do espetáculo Em Casa, no Cine São José, em Brotas nesta quinta, sexta e sábado (25, 26 e 27 de janeiro) com ingressos à venda pelo site http://www.jltickets.com.br. Já a Orquestra Terra Brasilis, de São João da Boa Vista, se apresenta na Praça Amador Simões, no domingo (28 de janeiro), às 20h, com entrada gratuita.  É uma orquestra moderna, que tem como marcas registradas o dinamismo e a versatilidade que emprega na escolha e execução do seu repertório – toca de Mozart a Luiz Gonzaga -  que é fundamentado na incorporação de elementos genuinamente brasileiros.

São 21 músicos entre violinos, violas, celos, saxofone, trompete, flauta, teclado, guitarra, contrabaixo, bateria, percussão e voz. Em seu currículo, a Orquestra Terra Brasilis tem apresentações com artistas renomados, como Elba Ramalho, Jorge Bem Jor, Renato Teixeira, Oswaldo Montenegro, Sérgio Reis, Fafá de Belém, entre outros. É uma atração de destaque para os brotenses e para os turistas.

Brotas é exemplo de que o turismo, por fomentar um grande número de atividades econômicas, é uma saída que o Brasil deve apostar para gerar emprego e, consequentemente, renda. Capital do turismo de aventura, concentra a maior oferta de atrações desta natureza no Brasil. O município vem trilhando um caminho que concilia preservação de suas belezas naturais com o turismo, que já é a atividade econômica mais importante do município de 23 mil habitantes. “Fechando 2017 com aumento no número de turistas, de arrecadação com o voucher turístico e de ISS turístico. Em 2017, atingimos 280 mil turistas, contra a média de 250 mil nos anos anteriores”, comenta o secretário de Turismo, Fábio Pontes