Seis brasileiros morrem por acidente de gás no Chile

Eles estavam hospedados em apartamento de Santiago

Por Paulo Grange 23/05/2019 - 21:22

Fonte: Agência Brasil

O Itamaraty confirmou hoje (23) que seis turistas brasileiros morreram nessa quarta-feira (22) em Santiago, Chile, por inalação de gás. Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no centro da cidade. Relatos preliminares acrescentam que as vítimas são quatro adultos e dois menores.

Chile, vazamento, gás
Os brasileiros mortos estavam de férias em Santiago - Via Reuters/Direitos Reservados

Segundo o Itamaraty, o Consulado do Brasil soube com antecedência que os brasileiros estavam passando mal e alertou as autoridades locais. Porém, eles já estavam mortos, quando os bombeiros e paramédicos chilenos chegaram ao apartamento.

Rodrigo Soto, oficial da Polícia de Santiago, confirmou que recebeu um telefonema do Consulado Brasileiro alertando sobre o problema com os brasileiros, hospedados em um apartamento no sexto andar de um prédio da cidade. Segundo ele, a causa da morte ainda é “uma questão para investigação”. Acrescentou que “informações preliminares apontam para um vazamento de gás”.

O bombeiro Diego Velasquez também confirmou que, quando os socorristas chegaram ao local, os brasileiros já estavam mortos. “Ainda não confirmamos as identidades deles. Pelo que foi observado, esse acidente deveu-se à ação do monóxido de carbono”.  

O Itamaraty também informou que os familiares dos brasileiros já foram comunicados sobre o ocorrido.

*Com informações da Reuters












Surto de sarampo: Dia D de vacinação neste sábado na cidadePara os moradores de Jahu que ainda não se vacinaram contra o Sarampo, esta é a oportunidade de se imunizar. A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica, informa que, neste sábado (19/10), das 8h às 17h, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão abertas. “A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo ocorre, este ano, de forma seletiva: para crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) e adultos jovens de 20 a 29 anos. Neste sábado, o público-alvo são as crianças, mas a campanha se estende até 25 de outubro. A priorização deste grupo na primeira etapa deve-se à elevada incidência da doença nesta faixa etária nos surtos registrados em 2019. A vacina é contra indicada para crianças menores de seis meses, para gestantes e imunodeprimidos. Ressaltamos que a vacinação é extremanente importante, pois é a única forma de prevenção da doença”, reforça a secretária Interina de saúde, Márcia Nassif. O Sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, particularmente em crianças desnutridas e menores de cinco anos de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento da erupção cutânea até quatro dias após. Serviço: Dia D - Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo Data: 19/10 (sábado) Horário: das 8h às 17h Local: Unidades Básicas de Saúde Público-alvo: crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas.