XV de Jaú vira pra cima da Itapirense, mas cede o empate no fim: 3 a 3

O XV voltará a jogar no feriado de quarta-feira, no Jauzão, contra o Jaguariúna

Por Paulo Grange 27/04/2019 - 17:38

Parecia que a tarde de sábado não era do XV.  Felizmente apenas parecia. O Galo chegou a uma virada espetacular por 3 a 2 sobre a Itapirense, pena que cedeu o empate aos 38 do segundo tempo e acabou conquistando só um ponto em Itapira na tarde deste sábado. O XV chegou a estar perdendo por 2 a 0 no início do segundo tempo. Foram três gols em menos de 15 minutos, marcados por Gil, Carlos Magno e Danilo, dando esperança de segunda vitória fora de casa no Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão. Agora é ir buscar a segunda vitória no feriado de quarta-feira (1/05) contra o Jaguariúna, no Estádio Zezinho Magalhães.

Antes da bola rolar, ainda no aquecimento, o XV ficou sem o meia Matheus China, que sentiu dores por causa da tendinite e nem entrou em campo. O treinador China recorreu a Gil para começar a partida e o jogador fez uma grande partida - criou jogadas e marcou seu gol. Pouco depois, o técnico fez uma alteração e colocou Daniel no lugar de Victor. E teve ainda de trocar o lateral Matheus Vinicius, que saiu contundido. Isso quando Itapirense já vencia por 1 a 0. O cenário mudou no segundo tempo e o XV comemorou empate heróico.

Para o presidente do XV de Jaú, Rodrigo Luiz Paulino, "o XV fez uma maravilhosa apresentação no segundo tempo e quase conseguimos a vitória, por detalhes não veio. Tomamos um gol que não deveria ter tomado. Esses jogadores me emocionaram muito. Conseguiram esse empate na garra, fizeram um, dois, três gols e quase fizeram o quarto. Na quarta-feira o Jauzão vai estar lotado e a torcida do XV vai empurrar o Galo para a vitória."

O zagueiro Michael Douglas  disse que o XV teve muita virtude depois de tomar dois gols, chegou ao empate e virou. "Esse empate é quase uma vitória. Afinal, jogo fora de casa é complicado. O empate foi bem relevante."

Para o técnico China, o time esteve um pouco apático no primeiro tempo, mas acordou no segundo. "No futebol todo mundo quer ganhar. Segue o jogo. Não é ruim o empate. Pelo menos não deixarmos eles dispararem e saímos com cinco pontos em três jogos. Vamos trabalhar para chegar quarta feira e ganhar bem", comentou, sobre o jogo contra o Jaguariúna.

China prossegue: "O empate dentro dessas circunstâncias seria um resultado bom. Chegamos a ficar com a vitória praticamente na mão, mas tomamos o terceiro gol numa bobeira, com bate e rebote... A vitória estava nas mãos e depois o 4 a 2, mas infelizmente aconteceu o gol deles." Segundo o técnico, se para o XV não foi tão bom, pior para a Itapirense que jogou em casa.

 

O jogo -  A Itapirense marcou gol aos 11 minutos. A bola sobrou para Danilinho, que driblou o marcador antes de finalizar e vencer o goleiro Rodrigo. O lance ocorreu instantes depois de clara chance do XV por meio do atacante Gil. O XV se manteve pressionando e chegou a fazer um gol com Batalla, mas em impedimento.

Aos 13 minutos, o técnico China resolveu alterar a equipe e escalou o volante Daniel, que entrou no lugar do zagueiro Victor, alterando o sistema de três zagueiros. Aos 24, o lateral-esquerdo Matheus Vinicius sofreu uma pancada e saiu de campo de maca com entorse no joelho. O volante Danilo entrou no time. Em menos de 20 minutos o XV em campo tinha três alterações em relação ao previsto pelo treinador do Galo.  No final da primeira etapa Batalla sofreu  pancada numa das pernas, tratou no intervalo e voltou para jogar

Logo no início da segunda etapa o XV acertou o travessão num chute de Daniel. Parecia castigo, mas aos quatro minutos Alan Júnior marcou o segundo numa cobrança de falta.

Aos 10 minutos, porém, o XV conseguiu seu gol e voltou a dar esperança ao torcedor do XV. Batalla finalizou de cabeça um cruzamento e o goleiro da Itapirense rebateu, ficando aos pés de Gil para mandar para dentro do gol. Na esperança de chegar ao empate e até virar, o técnico China colocou em campo o veloz Vinicius Fleck no lugar de Rodolfo.

O XV foi pra cima e chegou ao empate aos 22 minutos com Carlos Magno e no minuto seguinte marcou o terceiro, com Danilo. O gol do volante colombiano virou o jogo, levando à loucura o torcedor do Galo. E o XV estava com fome de bola e, em cobrança de falta, Michael Douglas ficou perto do quarto gol numa cobrança de falta. Aos 38, infelizmente, num lance suspeito de impedimento, Bruno Campos chegou ao empate.

O resultado de 3 a 3, no entanto, não foi todo ruim para o XV levando-se em conta o cenário que se vislumbrava no inicio da partida. O XV voltará a jogar no feriado de quarta-feira, no Jauzão, contra o Jaguariúna. Os ingressos para esse jogo estão à venda - quem comprar até as 18h de terça-feira vai concorrer no sorteio de três camisas oficiais.

 XV de Jaú: Rodrigo; Zunquinha, Michael Douglas, Victor (Daniel), Caicedo e Matheus Vinicius (Danilo); Magno, Cafu e Gil; Rodolfo (Vinicius Fleck) e Batalla. Técnico: China

Gols:

Danilinho (11min, 1T), Alan Júnior (4min, 2T), Gil/XV (10min, 2T), Carlos MagnoXV (22min 2T), Danilo/XV (23min, 2T), Bruno Rafael (38min, 2T)

Amarelos:

XV - Daniel, Rodolfo, Vinicius Fleck, Cafu

Itapirense - Danilinho, Juninho, Bruno Campos, Alan Júnior

Público/renda: 155 pagantes / R$ 1.270,00