Projeto ‘estreita’ amizade entre a vizinhança e a PM na região

Em Mineiros do Tietê, Polícia Militar atende grupo de moradores até por WhatsApp e ajuda a cobrar estrutura para conseguir melhorias em bairros

Por José Luiz H. Galazzini 27/07/2017 - 08:39

Um projeto chamado Vizinhança Solidária tem estreitado a relação entre Polícia Militar e vizinhança em cidades na região. Trata-se de uma medida já conhecida em algumas cidades paulistas, como Bauru, e que, há dois meses, tem sido alvo da 2.ª Companhia do 27.º Batalhão de Polícia Militar do Interior (27.º BPM-I). Em Mineiros do Tietê (65 quilômetros de Bauru), por exemplo, a ação já foi colocada em prática no início deste mês em dois bairros, no Jardim Planeta e na Chácara Seltre.

O grupo, além de se reunir mensalmente, troca informações via WhatsApp, ou seja, em tempo real, com os policiais, que os auxiliam com orientações e ajudam até mesmo a cobrar o poder público sobre questões de estrutura nesses locais. 

As próximas cidades a implementarem o Vinhança Solidária são Barra Bonita, Dois Córregos e Igaraçu do Tietê. "Queremos expandir o projeto, mas para isso, precisamos do interesse da população. O morador deve procurar nossas bases para obter mais informações", pontua o comandante da 2.ª Companhia do 27.º BPM-I, capitão Bruno de Oliveira.

PM AMIGA

Malavolta Jr./JC Imagens
Capitão Bruno de Oliveira explica que projeto é em bairros periféricos

O capitão Bruno de Oliveira explica que os bairros contemplados são escolhidos após um estudo que aponte o potencial do local, no âmbito de aumento de risco de crimes. Também é considerada a existência de lideranças comunitárias, predispostas a se tornarem tutores do projeto, nesses locais.

"Não são bairros com problemas crônicos, mas são locais próximos as áreas de periferias e que possuem casas com muros baixos, por exemplo. Pontos com potencial de registrar ocorrências furtos e uso de drogas", comenta o capitão Bruno. 

O grupo de vizinhos solidários recebem uma placa como forma de demarcar sua casa e seu bairro. "Isso acaba até ajudando a inibir crimes nas imediações, porque o bandido já sabe que é um pessoal com estreita relação com a PM" reforça o policial.

DINÂMICA

Entre outros resultados, o capitão cita algumas atitudes que já foram tomadas em Mineiros do Tietê pela corporação, após pedido do grupo via WhatsApp. O grupo foi formado após tratativas realizadas em uma reunião do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) da cidade. "Conseguimos restabelecer a iluminação em um poste e a limpeza de um terreno que está sem uso. Nossa intervenção dá uma dinâmica maior e estreita barreiras da população com o poder público. São problemas que, muitas vezes, o morador não tinha tempo de reclamar na prefeitura", exemplifica.

Da mesma forma, também já teriam sido relatados, por meio de grupos online, casos de indivíduos suspeitos nessas regiões. "Mas sempre lembramos os integrantes que o grupo não substitui o 190 da PM", ressalta o policial. Também via WhatsApp, o batalhão aproveita para repassar orientações sobre segurança patrimonial aos moradores.

SERVIÇO

Endereços das Bases da PM nas cidades da 2ª Cia do 27º BPM/I: - Barra Bonita: R. 14 de Dezembro 613 Centro Telefone: (14) 3641-1470 - Igaraçu do Tietê: R. Hipólito Lopes 423, Vila Leosina Telefone: (14) 3644-2052 - Dois Córregos: R. José Alves Mira 18, Centro Telefone: (14) 3652-2777 - Mineiros do Tietê: R. 27 de Agosto 210, Centro Telefone: (14) 3646-1689.

Medida traz interação entre vizinhos?

Divulgação
Placa identifica residências parceiras do Vizinhança Solidária; segundo a PM, medida afugenta criminosos

Tutor do projeto no bairro Jardim Plante em Mineiros do Tietê, Carlos Eduardo Gabarron, de 28 anos, que mora no local há 7 anos, diz que outro grande benefício trazido pelo projeto é a interação entre os vizinhos. "Antes, a maioria dos moradores não se conhecia. Agora, um ajuda a cuidar da casa do outro", comenta. "Com a intervenção da PM, o poder público tem atendido a demanda no bairro de forma mais rápida também", completa o morador.

Atualmente, 69 moradores participam do grupo do WhasApp do Vizinhança Solidária em Mineiros do Tietê.

Outras cidades?

Outra cidade próxima a implementar o programa Vizinhança Solidária é Barra Bonita. Por lá, um grupo de WhatsApp está em construção, segundo o capitão Bruno. "Pensamos em iniciar o projeto em um bairro novo e que está em expansão na cidade", resume.

Em Igaraçu do Tietê, o projeto também está em fase de implementação e deve contemplar, inicialmente, os bairros Ouro Verde, São José 1 e São José 2.

"O critério de escolha ocorreu pela incidência de roubos e furtos na região, além de o fato de os moradores terem participação bastante ativa nas reuniões do Conseg", explica o capitão.

Em Dois Córregos, ainda não há definição de bairro para implementação do Vizinhança Solidária.

 

Conteudo JCNet