Acompanhe um resumo da 17ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal.

A Sessão foi realizada nesta segunda feira dia 28 de maio.

Por José Luiz H. Galazzini 29/05/2018 - 08:20

TRIBUNA CIDADÃ

Irineu Carvalho Filho (Sabará) ocupou a Tribuna da Câmara para falar sobre a possibilidade de flexibilizar as regras que proíbem a colocação de faixas no município. O morador alega que sua empresa, que presta esse tipo de serviço, passa por dificuldades financeiras.

MOÇÃO DE APLAUSOS PARA A FACULDADE ANHANGUERA

De autoria do vereador Fernando Barbieri, aprovada Moção de Congratulações e Aplausos à Faculdade Anhanguera pelas instalações em nossa cidade.
De acordo com a justificativa do texto, o vereador salienta que a Faculdade Anhanguera conseguiu expandir sua estrutura física, otimizando seus projetos pedagógicos e disponibilizando um ensino de alta qualidade. Os alunos de Jaú terão a oportunidade de desfrutar de uma boa infraestrutura, áreas de estudo, biblioteca e laboratórios modernos para que desenvolvam as teorias aprendidas em sala de aula.

HOMENAGEM AO PRESIDENTE E VICE DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PALMEIRAS

Aprovada Moção de Aplausos e Congratulações para os senhores Geraldo Gilberto Cabrioli (Costelão) e Emerson Fernando Beltrame, eleitos respectivamente, Presidente e Vice-Presidente da Associação Atlética Palmeiras, para o biênio 2018/2020, extensiva a todos os membros da nova diretoria, bem como para os novos Conselheiros Deliberativos eleitos: Sandra Regina Sylvestre, João Fernando Gromboni, Djalma de Souza, Jovino Piedade, Emerson Donizete dos Santos, Luiz Carlos Richi, Marco Antônio Sorani e Claudionor Navegante.
A homenagem é de autoria dos vereadores Roberto Carlos Vanucci, Wagner Brasil de Barros, Agentil Américo Cato e José Carlos Borgo.
A Nova Diretoria foi eleita com expressiva votação (439 votos, que significam mais de 53,94% dos votos válidos).

MOÇÃO AO SUBTENENTE DO TG GEORGE MOTA DA SILVA

De autoria da vereadora Cléo Furquim, aprovada Moção de Aplausos e Congratulações ao Subtenente do Tiro de Guerra de Jaú 02019, George Mota da Silva, idealizador do Projeto Atirador Mirim extensivo aos seus colaboradores.
Na justificativa da propositura, a vereadora salienta que projetos sociais têm um poder transformador na vida de crianças e adolescentes. Através deles é possível desenvolver valores, proporcionar conhecimento e promover o crescimento social. Um bom exemplo deste tipo de ação é o projeto Atirador Mirim, uma iniciativa do Exército Brasileiro por meio do Tiro de Guerra de Jahu, que tem como foco o desenvolvimento social de crianças de 7 a 11 anos matriculadas na rede municipal de ensino. O principal objetivo do projeto é integrar os pequenos à sociedade, através de lições de comportamentos saudáveis, relações interpessoais, noções de segurança, trânsito seguro, higiene e saúde, prevenção de incêndio, resistência às drogas, prevenção a todo tipo de assédio, noções de preservação do meio ambiente, instruções de educação física e cidadania, ética e civismo.
Segundo o Subtenente do Tiro de Guerra e idealizador do projeto na cidade, George Mota da Silva, desde sua implantação na cidade de Jaú, estão sendo desenvolvidas ações educativas com alunos dos bairros Maria Luiza IV e Padre Augusto Sani. As crianças participam das aulas do projeto aos sábados vestindo a farda do exército. Além das atividades internas, eles também fazem visitas em locais da cidade como a Câmara Municipal, Corpo de Bombeiros, Museu Municipal, Reserva Ambiental Amadeu Botelho e Canil da Polícia Militar, bem como viagens regionais como ao Zoológico de Bauru e Escola Preparatória do Exército, em Campinas, entre outros.
O Subtenente entende que para amar a sua cidade, é preciso conhecê-la. Para ter essa noção de pertencimento e conhecimento da cidade, as crianças são levadas a diversos locais de preservação da memória e patrimônio, para conhecer a história, o desenvolvimento econômico e personagens históricos de Jaú. A cultura é fundamental para que eles ampliem a visão de um futuro melhor. A intenção é construir nestas crianças o sentido de civismo e patriotismo, estimulando a ética e cidadania.
Na primeira turma foram selecionadas 40 crianças que ocuparam vagas direcionadas a alunos da rede municipal e divididas entre crianças com dificuldades disciplinares e de aprendizagem e crianças de destaque, com boas notas. As outras 12 vagas foram para crianças indicadas por colaboradores que apadrinham o projeto, viabilizando o seu funcionamento. O lançamento do projeto do Exército Brasileiro em parceria com o poder público e diversos setores da sociedade contou ainda com a participação de pais dos alunos, que voluntariamente vêm contribuindo com o projeto em diversas ações, dentre eles: Sílvia Cristina de Araújo Silva; Lúcia Zafra; Rodrigo Santórsula; Cibele Penteado; Marcos Devite; Evilaine Devite; Elisângela Julian; João Julian; João Alfredo Santórsula; Cecília Santórsula; Ivair Alves; Ederson Manzini; Sabrina Teixeira; Luan Silva; Gabriel Delgado; Leonardo Roque; Marcelo de Oliveira; Vinicius Leonelli; Ygor Motta.