Projeto Alimentando Vidas ajuda mamães de primeira viagem em Pederneiras

Projeto Alimentando Vidas ajuda mamães de primeira viagem em Pederneiras

Por José Luiz H. Galazzini 29/11/2017 - 10:46

rocar fralda, dar banho e amamentar um bebê recém-nascido parece uma tarefa fácil e prazerosa, mas acaba sendo um desafio e tanto para muitas jovens mamães que têm um filho pela primeira vez. Para ajudar as mamães de primeira viagem, a Secretaria Municipal de Saúde e a equipe de enfermagem do Centro de Atenção à Saúde da Mulher da Prefeitura de Pederneiras desenvolveu o Projeto “Alimentando Vidas”, para acompanhar as mamães durante o período gestacional e, principalmente, depois do parto, quando as mamães recebem acompanhamento e orientações quanto à amamentação, banhos e cuidados com o recém-nascido.

“Esse projeto é importante para ajudar a mãe, principalmente, no momento logo após o parto, tirando dúvidas sobre amamentação e reforçando os cuidados com o bebê”, explica o prefeito Vicente Minguili.

As mamães de primeira viagem, muitas vezes por insegurança ou falta de informação, entram em desespero e acabam não conseguindo cuidar do bebê sem ajuda de terceiros. Outro fator preocupante é que ao encontrarem dificuldades na amamentação nos primeiros momentos após o parto, as mamães acabam deixando de amamentar no peito e optando pelas fórmulas lácteas. “Visamos passar segurança para essas mães para que elas adquiram habilidades e saibam que muitas vezes o medo é apenas falta de conhecimento e que essa troca de cuidados com o bebê só trará benefícios. O aleitamento materno é muito importante para a saúde da mãe e principalmente do bebê”, afirma a enfermeira responsável pelo projeto, Josiane Rego.

O Projeto “Alimentando Vidas” trabalha o acompanhamento das gestantes no Centro da Mulher com os exames gestacionais e orientações em grupo para que as futuras mamães sintam-se seguras em relação ao parto e ao bebê. São realizados trabalhos em grupos, palestras e atividades que reforçam às gestantes os benefícios da amamentação, esclarecendo suas dúvidas e desmistificando informações errôneas sobre o assunto, incentivando assim a prática do aleitamento materno. Além disso, o Projeto conta com pediatras, enfermeiras, assistentes sociais, psicólogas e a parceria da Santa Casa de Pederneiras, que comunica a responsável do projeto assim que cada mamãe acompanhada entrar em trabalho de parto.

“Quando uma mamãe do projeto inicia o parto na Santa Casa, nos vamos até ela e a ajudamos nos primeiros momentos após o parto, tranquilizando-a quanto à amamentação e aos cuidados com o recém-nascido”, finaliza Josiane.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, cerca de 400 gestantes são acompanhadas mensalmente no Centro da Mulher.