Menu
Sexta, 14 de maio de 2021

Integrante do SAMU de Jaú faz apelo em prol da vida contra o coronavírus: RESPEITE O ISOLAMENTO SOCIAL...'

'Difícil segurar o choro. Estamos na luta na rua na linha de frente, mas quando chegamos em casa desabamos'

01 de Fev 2021 - 11h:50 Créditos: Depoimento do socorrista José Antônio Munhoz
Crédito: 'Difícil segurar o choro', José Antônio Munhoz

Sou José Antônio Munhoz, condutor socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Eu e meus companheiros(as) de trabalho, como todos da área da saúde estamos nos dedicando ao máximo e contribuindo para evitar a propagação do COVID-19 em nossa cidade mais infelizmente nessa segunda fase o covid-19 ganhou força por conta da população afrouxar os cuidados no final de 2020.

Hoje infelizmente as ocorrências nossas aumentou muito e para os críticos que diz que agora só é covid-19 que mata eu digo que sim,  hoje a cada 10 ocorrência 8 são covid-19 de pessoas que positivou e estão  em casa em isolamento domiciliar e piora o quadro delas.

Gracas a Deus hoje temos poucas ocorrências de traumas, clínicos tipo parada cardiorrespiratória, AVC, hoje infelizmente 90% das ocorrências é covid-19 e o pior em cada ocorrência oramos a Deus pra Santa Casa e São Judas ter um leito e uma tomada de O2 para colocar o paciente já ficamos na porta da Santa Casa  dentro da Ambulância com O2 aguardando os profissionais da Santa correndo como loucos fazendo remanejamento pacientes para receber outros

Como todos profissionais da saúde, estamos seguindo nossa rotina está difícil hoje estamos arrancando forças de nosso limite.

Estamos trabalhando, como inúmeros profissionais da saúde nos Hospitais, PAS, Pronto Atendimentos.

São pessoas como eu, que não tem a opção ou condição de escolha, mas que tem muito orgulho do trabalho que fazem, com dedicação e responsabilidade não temos mais tempo de ir ao banheiro pra fazer nossas necessidades fisiológicas, comer, tomar água isso quando dá caso nem sempre dá dormir?

Talvez 3 ou 4 por noite.

Mas quando alguns cidadãos não respeitam as orientações que estão sendo fortemente divulgadas pela mídia, acabam colocando eu e meus colegas de trabalho em grande risco.

Acabam colocando em risco nossa família, que está em casa se resguardando, assim como todos deveriam estar.

Isolamento social não é fácil pra ninguém, mexe com o emocional, preocupa economicamente, mas nesse momento que já se decretou estado de calamidade pública, pelo fato de ter sido registrado a falta de leitos o crescimento de casos e de óbitos nos últimos dias em Jaú, mais que nunca é hora de reclusão social, é preciso seguir a risca todas orientações.

Você precisa ficar dentro de casa para o bem da sua família e por nós todos, que estamos trabalhando por você.

Você está lendo esse post, mude o seu comportamento e fique em casa.

Não faça aglomerações, não saia de casa sem necessidades.

Não vá fazer compras desnecessárias.

Algo que me chama atenção aqui em Jaú, são alguns supermercados fazendo megas ofertas de produtos dispensáveis, incentivando o povo a sair do isolamento, pondo em risco seus funcionários e todo trabalho da Vigilância Sanitária, Prefeitura, Secretaria da Saúde e todos envolvidos nessa batalha onde o inimigo é invisível.

Neste momento, não é hora de correr para os supermercados por conta das ofertas, sua saúde vale muito mais.

Peço que as pessoas mais jovens, ajudem a manter os idosos dentro de casa, els estão no grau maior de risco, converse com eles.

Peço a Deus que nos proteja, e que vocês se proteja e me proteja, assim como todos os profissionais que estão na rua trabalhando por todos.

Antes de se deitar, ore a Deus para que Ele venha sarar nossa nação.

Ore pela conscientização do povo.

Ore pelas autoridades públicas, que deixem as brigas partidárias de lado venham unir forças. Juntos somos mais fortes.

Ore para que logo o mundo volte a normalidade e possamos voltar a beijar nossos pais, amigos, filhos.

Se você realmente está comigo, faça esse post chegar a seus familiares, amigos, mande a todos que são importantes pra você.

Em um curto espaço de tempo atingiremos muitas pessoas.

Nesse últimos dias, nossas noites são mal dormidas, temos medo de levar algo pra casa. Estamos chegando no limite do cansaço físico e mental.

Não vou mentir, o medo as vezes toma conta de mim, mas coloco meu medo no bolso e vamos a luta.

Nós, profissionais do SAMU 192 Regional Jaú e os demais profissionais da saúde, não queremos ser reconhecido como heróis, o que mais queremos nessa hora é que tudo isso passe logo.

Contém sempre conosco.

Difícil não chorar nessa situação amiga estamos com um peso enorme sobre nossas costas

Estamos carregando um peso que não é nosso amiga é um peso de pessoas negligentes tudo isso está acontecendo por consequência de pessoas irresponsáveis estou representando todos estamos brigando entre nós porque as cobranças e stress o cansaço físico e mental está nos dominando.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias