Menu
Sábado, 17 de abril de 2021

Com decreto ou sem, bares, pizzarias, lanchonetes e restaurantes de Jaú vão reabrir as portas dia 8

Aliados e dispostos a seguir a mesma decisão estão os empresários de salões de beleza, academias, barbeiros, setores de eventos e comércio em geral.

02 de Fev 2021 - 22h:42 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: Reprodução do vídeo da Associação 23 de Março

Os comerciantes de Jaú do setor de alimentos decidiram que não vão esperar decreto de prefeito e nem de governador. Com ou sem decreto autorizando a reabertura, a decisão está tomada. A Associação 23 de Março, que representa os bares, restaurantes, pizzarias e lanchonetes divulgou vídeo e um manifesto garantindo que vão reabrir os estabelecimentos na segunda-feira, dia 8.

Aliados ao setor de alimentos, apoiando o movimento e dispostos a seguir a mesma decisão, estão os empresários de salões de beleza, academias, barbeiros, setores de eventos e comércio em geral. 

LINK DO VÍDEO DO RETORNO

https://fb.watch/3pNykE5_AN/


Leia a publicação e veja o vídeo:

"Gritamos, gritamos muito!

Pedimos socorro! E não nos ouviram...

Esperávamos que os outros setores da economia que não paralisaram suas atividades nesses 10 meses e portanto não colaboraram com a contenção do vírus, revezassem conosco, levando por um tempo o fardo da Pandemia, mas não! Mais uma vez colocaram todo esse peso nos bares e restaurantes. Não ligaríamos de levar o fardo sozinhos, desde que se ao menos nos liberassem a suspensão do contrato de trabalho de nossos colaboradores, pois essa é nossa maior preocupação nesse momento, e é o que está nos movendo para abrirmos no dia 08. É um crime nos julgar achando que estamos abrindo estritamente pelo dinheiro, estamos abrindo pela nossa responsabilidade com nossos colaboradores, pois sabemos que não conseguiremos arcar com os salários das equipes de trabalho se não estivermos com as portas abertas. 

Esse momento é muito diferente do primeiro fechamento. Ficamos fechados 4 meses, mas tínhamos o apoio do governo referente aos nossos colaboradores. Naquele primeiro lockdown, tínhamos o mínimo de respeito e apoio para fecharmos, pois sabíamos que o pagamento dos nossos funcionários estaria garantido. Agora não somos considerados essenciais! Nosso trabalho que é responsável pelo suprimento de nossas famílias não é considerado essencial por aqueles que tem estabilidade e salários garantidos! Devido a essa nossa preocupação, com nossa família, com nossos colaboradores e cientes que fomos os maiores guerreiros nessa luta contra a Pandemia, dia 08 de fevereiro será o dia em que nunca mais fecharemos! Será o dia em que deixaremos os outros setores que nada contribuíram até agora levar esse fardo! Será o dia em que o guerreiro ferido é salvo pelos outros guerreiros que o substituíram no fronte de batalha contra o covid 19!

Nossa parte já foi dada! 

Agora é com vcs!

É o momento dos outros setores...

Que ainda não contribuiram, contribuírem.

Agora, vamos trabalhar com segurança e responsabilidade!



widget de imagem

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias