Menu
Sábado, 15 de maio de 2021

Centro de Combate à COVID do HAC só começa a receber pacientes quarta-feira

Até hoje os últimos testes de equipamentos e treinamentos das equipes serão finalizados para o início das atividades

02 de Mar 2021 - 08h:26 Créditos: Assessoria HAC
Crédito: Divulgação/HAC

 A diretora de Desenvolvimento em Saúde, Cristina Moro, disse que o atendimento do Centro de Combate à COVID-19 construído pelo Hospital Amaral Carvalho deve começar a receber pacientes nesta quarta-feira (3/mar). “Entre esta segunda e terça, vamos alinhar os detalhes finais e realizar treinamentos in loco, para os profissionais já se habituarem com a estrutura assistencial. Na próxima quarta-feira, devemos começar a receber os primeiros pacientes pela manhã”, disse a diretora.

O Centro de Combate à COVID-19 recebeu nesta segunda-feira (1º/mar) 11 bombas de infusão, equipamento usado para administração de medicamentos nos pacientes internados. Os aparelhos foram remanejados do estoque de segurança do hospital para garantir o início do atendimento nos próximos dias.

De acordo com o gerente médico do HAC, João Gabriel Soares, as bombas são fundamentais para o atendimento. “Sem a bomba, é impossível trabalhar porque precisamos do controle fino do paciente na administração dos sedativos, medicações para pressão, e verificar a velocidade da infusão dos antibióticos. Alguns medicamentos precisam desse controle, porque não podem correr muito rapidamente ou vagarosamente, a fim de garantir a segurança do paciente”, explica.

A unidade conta com 39 leitos, sendo 29 de enfermaria e dez para tratamento semi-intensivo, equipados com ventiladores pulmonares. A unidade foi montada na Unidade Ana Maria Ferraz, localizada às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros. O pavilhão, de mais de dois mil metros quadrados, foi restaurado e transformado em unidade hospitalar no último mês.

 

 Atendimento

A unidade, proposta pela Superintendência do HAC para auxiliar no combate à COVID-19 na região e desafogar leitos de internação dos serviços de saúde, deve iniciar o atendimento nos próximos dias. Os leitos serão destinados para pacientes com sintomas moderados da doença que necessitem de acompanhamento e serão encaminhados pela CROSS.

A diretora do DRS de Bauru, Doroti Vieira Alves Ferreira, explica que as vagas ficarão disponíveis para pacientes de todos os 68 municípios da região que tiverem sobrecarga de internação, mas o critério de encaminhamento leva em conta a cidade mais próxima do domicílio do paciente. “É um hospital referência para COVID que chega pelo sistema CROSS para os 68 municípios da região, mas o que a gente espera é que aqui, a gente consiga atender e dar vazão à demanda de Jaú, principalmente por causa da situação que está a Santa Casa hoje”. Não haverá pronto atendimento direto à população e nem exame para detecção do vírus no local.

 

 

Doações
   A Fundação Doutor Amaral Carvalho está pedindo o apoio da sociedade para o término da construção, compra de equipamentos e a manutenção do Centro de Combate à COVID-19 durante a pandemia. Quem quiser colaborar, pode depositar qualquer valor na conta corrente da Fundação:
Banco do Brasil (01)
Agência 3369-3
Conta corrente 5801-7
Fundação Doutor Amaral Carvalho
CNPJ: 50.753.755/0001-35

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias