Menu
Sábado, 15 de maio de 2021

Paciente planta árvore para celebrar última quimioterapia no Hospital Amaral Carvalho

A barrabonitense Katia estreou o projeto Semeando Vidas da Instituição, que objetiva celebrar a vida

02 de Mar 2021 - 12h:37 Créditos: Assessoria HAC
Crédito: O tesoureiro e médico nuclear do HAC, Alexandre Brandão, entregou a muda de árvore para Katia

Nesta terça-feira (2/março), a barrabonitense Katia de Lima, veio ao Hospital Amaral Carvalho (HAC) para a sua última sessão de quimioterapia do tratamento de câncer no intestino. Além de receber o carinho das filhas e do esposo na saída, com balões para festejar o fim do ciclo, ela foi convidada para estrear o projeto Semeando Vidas, iniciativa da Instituição para celebrar a vida.

A ação incentiva o plantio de mudas de árvores nativas do Brasil em uma área verde do hospital para marcar o final das etapas do tratamento. “É uma forma que encontramos de ressaltar as conquistas dos nossos pacientes e estimular um futuro ‘mais verde’. Nossa intenção é oferecer plantas para cada um que concluir uma fase do tratamento para comemorar”, afirma o tesoureiro e médico nuclear do HAC, Alexandre Brandão.

Katia foi a primeira paciente a plantar a árvore no projeto Semeando Vidas

O médico conta que a ideia foi inspirada no projeto Plantar, do ginecologista Calixto Hueb, de Macatuba, que, desde 2001, doa uma muda de árvore para a mãe de cada parto que ele realiza. “O plantio das árvores, por si, é uma ação do bem e, para nós, simboliza o renascimento. Queremos fazer um jardim enorme, cheio de memórias boas daqueles que venceram o câncer aqui”.

A Kátia foi a primeira a participar do projeto e estava toda feliz. “Nunca plantei uma árvore. Não tinha maneira mais bonita de celebrar esse dia. Sempre que passar por aqui, vou visitar a minha plantinha”, disse orgulhosa.

Seu esposo, João Francisco, se emocionou e agradeceu ao hospital pela iniciativa. “Hoje é um dia de muita alegria e emoção pra nossa família e tivemos essa agradável surpresa. Ficará marcado pra sempre na nossa memória”.

 O projeto Semear Vidas é uma parceria do HAC com a Flora Paraíso, que doa as mudas de árvores, e a Cartonagem Jauense, que confeccionou voluntariamente as caixas decoradas para guardar as plantas.

Katia com a filha Gabriela e o esposo, João Francisco, na saída da última quimioterapia

 

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias