Menu
Sexta, 14 de maio de 2021

Aulas em Jaú NÃO voltam no dia 8 de setembro, avisa Secretaria da Educação

.

02 de Set 2020 - 16h:21 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: .

A quarentena continua para os estudantes das redes municipal e particular de ensino e o retorno às aulas no dia 8 de setembro está descartado. A informação é da Secretaria de Educação de Jaú, que emitiu nota na qual destaca a autonomia do Município para definir essa questão. O governador do Estado autorizou o retorno parcial a partir de 8 de setembro, mas Jaú não vai seguir a orientação. "... o momento ainda é de cautela e inspira cuidados, para evitar a disseminação do novo coronavírus", diz trecho da nota. E finaliza dizendo que o retorno é só quando a situação se normalizar. O veto à aulas presenciais vale para escolas públicas e privadas.


NOTA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JAHU

"A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Educação, informa que não irá retomar as atividades escolares presenciais no próximo dia 08 de setembro (terça-feira). A decisão foi tomada de acordo com as informações e orientações técnicas, científicas e médicas da Secretaria de Saúde do município, objetivando zelar e garantir pela saúde, segurança e vida dos alunos, familiares, professores, funcionários e comunidade escolar em geral.

Entendemos que o momento ainda é de cautela e inspira cuidados, para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), pois a reabertura das escolas, ainda que parcialmente, aumentaria o fluxo de circulação de pessoas expostas à contaminação –além de provocar possíveis aglomerações em horários de pico da mobilidade urbana.

Vale ressaltar que existe uma preocupação com a saúde dos alunos e seus familiares pois, como comprovado por estudos, as crianças são propagadoras do Coronavírus e na maior parte das vezes são assintomáticas. Além disso, existe uma grande parcela de alunos que moram com os avós. Estamos em momento de estabilização dos casos na cidade portanto é prematuro pensar na volta neste momento.

Esclarecemos que a manutenção da suspensão das atividades escolares presenciais é válida para as redes de ensino municipal, estadual e particular, ou seja, nenhuma escola poderá retornar a atender alunos neste momento.

O governo estadual autorizou a reabertura parcial das escolas, com atividades de reforço pedagógico e acolhimento dos alunos, no entanto ressaltamos que o município possui autonomia para legislar sobre o assunto, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal proferida em abril deste ano.

Embora esteja dentro dos requisitos exigidos pelo governo estadual para o atendimento de um percentual de alunos nas escolas, o município enfatiza que adotará medidas de retorno às aulas presenciais apenas quando houver uma diminuição consistente dos casos de Covid-19 na população jauense".


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias