Menu
Sábado, 15 de maio de 2021

XV pausa trabalho do sub-20 e planeja voltar com investimento forte na base em janeiro

.

02 de Dez 2020 - 15h:37 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: PC Grange - Integrantes da comissão técnica do sub-20 liberados a partir de 4/12

Sem a Copa São Paulo em janeiro não restou outro caminho à diretoria do XV de Jaú a não ser dar uma pausa nos treinos do elenco sub-20. Comissão técnica e jogadores treinam até quinta-feira e a partir de sexta-feira (4) voltam às suas cidades. A previsão é de retorno dos trabalhos na segunda quinzena de janeiro. A informação é do presidente do XV, João Vital Neto, apontando que o caminho é o investimento forte na base para abastecer o time profissional.

Vital se reuniu na terça-feira com demais dirigentes do XV de Jaú e da Head Soccer e com a coordenação do sub-20. Da reunião saíram análises importantes para o futuro do clube, o que inclui uma valorização das categorias de base, retomando a tradição do clube em ser formador de atletas.  A experiência com jogadores “consagrados” neste ano não deu certo.

João Vital

Base volta antes - “Não vai ter a Copa São Paulo em 2021 e, normalmente no clube se pensava em sub-20  dois ou três meses antes da competição. Estamos mudando essa cultura. A ideia é trabalhar forte a base (sub-15, 17, 20) e transformar o XV num clube que revela e faz jogadores dentro de casa”, disse Vital, recordando a história do XV dos anos 80 e início dos 90.

No último ano o alojamento da base por onde passaram jogadores como Kazu, Fábio Carile e outros foi reformado e já está sendo utilizado – o local ficou por mais de uma década desativado e sendo degradado pelo tempo. Com o alojamento em ordem a garotada da base terá onde ser alojada.


Decepção com tarimbados - Vital quer evitar o problema que o XV teve neste ano – mesmo com investimento alto em jogadores tarimbados, experientes, que subiram de divisão e com currículo o time “não encaixou” e foi eliminado na segunda fase sem cumprir a meta do acesso à Série A-3.

“Foi uma decepção para todos... principalmente para nós, que fizemos investimento pesado no projeto de subir da divisão. A gente percebeu que talvez esse não seja o caminho correto. O caminho talvez seja investir na base e formar esses jogadores que tenham na veia o sangue do XV de Jaú para poder correr dentro de campo.”

Vital vai tratar pessoalmente dessa retomada do trabalho de formação de jogadores, como tem feito com o sub-20, quando trouxe para Jaú o experiente Luiz Fernando para coordenar o projeto e adotar essa filosofia. O coordenador tem 13 anos de experiência na base do Santos FC, um modelo quando se fala em clube formador. Vital cita ainda clubes modelo nesse aspecto, como Atlético-PR, Desportivo Brasil e Red Bull.


Janeiro movimentado – O presidente do XV explica que foi definida essa pausa nos treinamentos do sub-20 e a volta provável na segunda quinzena de janeiro, independentemente de ter ou não competição para disputar no primeiro semestre. “Estamos pensando no futuro, já para analisar jogadores com potencial para jogar no time principal, e na Copa São Paulo de 2022.”

A eliminação precoce na Copinha antecipou essa proposta de formar jogadores no Estádio Zezinho Magalhães. Mas nem por isso o Departamento de Futebol não está sendo pensado para o ano que vem. “Já estamos analisando treinadores para estar à frente desse departamento para cuidar junto com o pessoal da Head Soccer. Estamos falando de perfil de treinador, que tenha coragem de trabalhar com jogadores de base e que saiba montar um grande time.”

widget de imagem

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias