Menu
Segunda, 03 de agosto de 2020

Adélio Bispo será transferido do Presídio Federal para tratamento psiquiátrico

Atualmente, ele está preso em Campo Grande

03 de Mar 2020 - 10h:05 Créditos: Luiz Guilherme
Crédito: Arquivo/Midiamax

Dalton Igor Conrado, juiz da 5ª Vara Federal de Campo Grande, autorizou a transferência de Adélio Bispo de Oliveira, preso por esfaquear o então candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, no dia 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG).  

Segundo o Midiamax, ele será levado a um presídio adequado para seu tratamento, e o destino será definido pela 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), já que foi lá, onde houve o ataque.

Em fevereiro, o MPF/MS (Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul) se manifestou contra a permanência de Adélio no Presídio Federal, na capital, alegando que a unidade não possui estrutura adequada para cumprir a medida de segurança de internação por prazo indeterminado.  

Ele foi considerado inimputável pela Justiça de Juiz de Fora, por sofrer de transtorno mental delirante persistente. O MPF se posicionou contra a renovação da permanência de Adélio na capital.



Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias