Menu
Quinta, 25 de fevereiro de 2021

Eduardo Bolsonaro é afastado da liderança do PSL na Câmara, e Joice assume

A mudança foi feita após 12 deputados da chamada ala bolsonarista do partido serem suspensos

05 de Mar 2020 - 08h:42 Créditos: G1
Crédito: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A deputada Joice Hasselmann (SP) assumiu nesta quarta-feira, dia 04 de março, a liderança do PSL na Câmara. Ela assumirá a função no lugar do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro.

A mudança foi feita após 12 deputados da chamada "ala bolsonarista" do partido serem suspensos. Esses parlamentares são ligados ao presidente Jair Bolsonaro.

O PSL está rachado desde outubro do ano passado, quando Bolsonaro pediu a um apoiador para "esquecer" a legenda e disse que o presidente do partido, Luciano Bivar, está "queimado para caramba". A declaração dividiu o partido nas alas "bolsonarista" e "bivarista".

Joice Hasselmann é a terceira parlamentar a assumir a liderança do PSL na Câmara. A disputa entre as alas ligadas a Bivar e a Bolsonaro gerou uma "guerra de listas", fazendo com que os deputados Delegado Waldir (GO) e Eduardo Bolsonaro se alternassem no posto.

Escolha do líder

A escolha do líder é definida pela maioria dos integrantes da bancada. No caso de Joice, 21 deputados assinaram a lista de apoio a ela.

O cargo de líder é estratégico porque cabe ao parlamentar, entre outros pontos:

escolher os integrantes de comissões;

discursar em plenário para orientar os votos da bancada;

articular junto aos demais integrantes as votações de interesse do partido.

A suspensão dos 12 deputados nesta terça fez com que o partido passe a ter, na prática, 41 parlamentares na bancada. Os suspensos continuam no exercício do mandato, mas não podem ocupar cargos de liderança ou vice-liderança para representar o partido na Câmara.



Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias