Menu
Quinta, 25 de fevereiro de 2021

Rodrigo ‘Guerreiro’ morre após 52 meses do acidente de moto: enterro às 16h

Rodrigo foi atingido por carro em agosto de 2016

06 de Jan 2021 - 08h:38 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: Reprodução/redes sociais

Foram 52 meses de luta, guerreando pela vida, mas infelizmente o “guerreiro” Rodrigo Pereira Lopes, 41 anos, não resistiu e morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 6 de janeiro. A informação da morte do psicólogo vítima de acidente em 19 de agosto de 2016 está na página ACORDA GUERREIRO, criada para coordenar as ações em prol do tratamento dele. O sepultamento está marcado para as 16h no Cemitério Municipal de Jahu. 

"E com muita tristeza , mas com a sensação de missão cumprida que venho comunicar o falecimento do nosso guerreiro Rodrigo, que lutou bravamente para estar por mais um tempo neste mundo terreno junto de nós, Amor Vá em paz , sempre te amaremos, a todos que sempre nos ajudaram somente gratidão!!! Deus nos abençoe e obrigado pela evolução e ensinamentos que você nos deixou!!!", escreveu a página que divulgava a evolução do quadro clínico.

Desde o acidente, há mais de quatro anos, Rodrigo estava com seqüelas que o mantinham inconsciente sob tratamento domiciliar da família. Desde então, amigos criaram campanhas beneficentes, shows, arrecadação de produtos e outras iniciativas para ajudar no custeio do tratamento.

A esposa dele, Fernanda, por meio de sua página no Facebook, despediu-se de Rodrigo postando uma foto com ele sorrindo: “E assim que sempre vou me lembrar de você. Somente agradecer a Deus pelo privilégio de ter convivido com você esses 16 anos. Lutei incansavelmente por você. Fiz o que estava escrito. Você foi um guerreiro, lutou bravamente e deixou seu legado. Agora você cumpriu sua missão aqui, vai brilhar no céu e cuidar de nós. Obrigado! Amor eterno!”

Amigos comentaram a perda tanto na postagem de Fernanda como de outras que noticiaram a morte de Rodrigo. Uma delas, de Marcelo Sérgio, dizia o seguinte: “Meus sentimentos Fernanda. Ele era uma grande pessoa, grande amigão e um excelente aluno que por sinal era muito dedicado na capoeira. Fico triste, muito triste mesmo”


Relembre o caso  - O acidente de Rodrigo foi noticiado pela imprensa em agosto de 2016. Na página Tem Coisas que Só Acontecem em Jahu-SP, que relembrou o ocorrido, está o relato da época:

“Um agente penitenciário, de 36 anos, ficou gravemente ferido após ter a sua moto atingida por um carro, na tarde dessa sexta-feira (19/08/2016), em Jaú. Após a colisão, a motorista do veículo arrastou a moto por um quilômetro até ser abordada.

O acidente ocorreu às 17h, no quilômetro 186 da Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), a Bauru-Jaú, próximo ao Território do Calçado. Segundo o registro policial, a motorista de um GM/Classic, de 56 anos, que trafegava sentido Pederneiras-Jaú, colidiu na traseira da moto.

Com o choque, o motociclista Rodrigo Pereira Lopes foi arremessado ao solo. A motorista do carro não parou e arrastou a moto por aproximadamente um quilômetro. Na sequência, ela foi abordada por policiais rodoviários, mas, de acordo com a polícia, não apresentava condições de fornecer qualquer informação.”


widget de imagem

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias