Menu
Quinta, 29 de outubro de 2020

Diretor da TV Local e investigador aposentado morre vítima de coronavírus

.

08 de Set 2020 - 09h:01 Créditos: Paulo César Grange, com Vera Almeida Jaú e Plantão de Notícias
Crédito: Arquivo

Investigador aposentado e até recentemente diretor da TV Local, Edson Roberto Pereira da Silva morreu hoje vítima de coronavírus. Ele estava internado desde agosto na Santa Casa de Jahu, mas o quadro pioro e ele não resistiu. Aos 65 anos de idade, Edison atuou por cerca de 30 anos na Polícia Civil. Depois, passou a atuar na televisão como repórter e apresentador.

Edson trabalhou na Polícia Civil de São Paulo, onde fez carreira. Iniciou como Agente Policial e Escrivão de Polícia até chegar a Investigador. Ele combatia o tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio. Deixa esposa e filhos, entre eles o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social de Jaú, Alexandre Pereira da Silva.

O site Plantão de Notícias, do jornalista Luiz Monteiro, traz mais detalhes sobre Edison Investigador.

“Policial civil aposentado há alguns anos, respondia pela direção geral da TV Local, Edson  Roberto Pereira da Silva, de 65 anos não suportou a infecção e morreu na madrugada desta terça feira na Unidade de Terapia Intensiva da Sta. Casa, onde estava internado sob tratamento médico.

?Dono de um vasto círculo de amizade, intimamente relacionado com jornalistas da área policial, sempre foi parceiro dos repórteres responsáveis pela área  policial, colaborando com informações e detalhes das notícias.  Tanto é assim, que depois de aposentado na Polícia Civil, onde atuou por mais de 30 anos, Edson se fez jornalista e assumiu a direção geral da TV local, onde vez por outra, fazia o  papel de repórter e apresentador dos jornalísticos da emissora.

Respeitado nos meios policiais, Edson foi  autor de inúmeros e relevantes trabalhos desenvolvidos na Polícia Civil, desvendando casos e elucidando crimes. 

"Perdi um irmão. Um companheiro de mais de 20 anos, lado a lado. Meu compadre. Jamais imaginei que poderia viver esse infeliz momento" disse Jefferson PH Rosa, policial civil aposentado, hoje perito em computação forense,   que fez dupla com Edson nas investigações por longos anos. Jefferson relembrou ao plantaodenoticias.net alguns momentos em que viveram juntos momentos de perigo e de alegria ao ver os crimes desvendados e os autores presos.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias