Menu
Quinta, 30 de junho de 2022

MEIO AMBIENTE ABRE HORTO DE JAÚ PARA VISITAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS FÉRIAS

.

10 de Jan 2022 - 12h:20 Créditos: Secom Jahu
Crédito: .

A partir de hoje (10) a Secretaria de Meio Ambiente - Semeia vai manter o Horto Municipal José Carlos Toledo Veniziani Júnior - Professor Dr. Kiko aberto à visitação pública até 31 de janeiro. Trata-se das “Férias no Horto”: uma programação diversificada que conta com trilhas, meliponário - abrigos de abelhas sem ferrão -, Mirante do Rio Jahu, jardim das suculentas, jardim das plantas medicinais, produção e doação de mudas para arborização urbana e até espaço para lanches e piqueniques.

ATIVIDADES EM DESTAQUE

TRILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL MONITORADA: uma atividade muito interessante, com duração média de 2 horas.

Horários disponíveis: das 8h30 às 10h30 e das 13h30 às 15h30. Às segundas, quartas e sextas-feiras as trilhas são voltadas para famílias e pequenos grupos de até cinco pessoas. Às terças e quintas-feiras (com agendamento necessário) são para grupos maiores, a partir de 15 pessoas.

PEROBA-ROSA: quem ainda não conhece terá oportunidade de conhecer essa árvore símbolo do Município, presente no brasão de Jahu e infelizmente ameaçada de extinção.

A Peroba-rosa é uma árvore gigantesca, pode alcançar aproximadamente 50 m de altura, com tronco de 60 cm de diâmetro e possui a casca viva (madeira interna) de coloração rosada, de onde surge seu nome popular.

É uma madeira tão nobre e forte que desde a construção da Igreja Matriz Nossa Senhora do Patrocínio, uma viga de Peroba-rosa, que vai de um lado a outro do templo, serve de sustentação para o telhado da Igreja Matriz.

Com a marca de enxós usados por trabalhadores que à mão aparelharam aquele magnífico tronco, a Peroba-rosa continua lá até os dias de hoje esbanjando força e nobreza.

MELIPONÁRIO: o Horto abriga várias colmeias de abelhas sem ferrão, algumas resgatadas após o corte de árvores em que estavam alojadas. As abelhas são as principais responsáveis pela polinização de 30 a 90% das espécies de árvores nativas. Esse trabalho de polinização gratuito é responsável pela qualidade e a maior parte do alimento produzido no mundo. As abelhas são vitais para a sobrevivência da humanidade. Há estudos que apontam que sem elas a espécie humana estará extinta em apenas quatro anos.

MIRANTE DO RIO JAHU - NOSSAS ÁGUAS: participantes terão momento de contemplação de um ‘pedacinho’ dos 81,5 km de extensão do Rio Jahu que contorna o Horto.

O nosso Rio Jahu se forma a partir de duas nascentes: a mais distante está localizada em Torrinha, no Ribeirão do Bugio; quando a água dessa nascente se encontra com a água do Ribeirão do Peixe em Dois Córregos, se forma o rio principal, que a partir daí se chama Jahu.

O Rio Jahu deságua no Rio Tietê, na Marambaia, entre os Municípios de Bariri e Itapuí.

A água que chega às casas da população jauense vem de águas superficiais, como os mananciais do Córrego Santo Antônio, a Represa São Joaquim, o Ribeirão Pouso Alegre, o Rio Jahu, e de águas subterrâneas, provenientes de 19 poços profundos espalhados pela cidade.

Água é mais que uma substância, é garantia de vida. Por isso é indispensável que conheçamos, cuidemos e respeitemos o Rio Jahu.

PRODUÇÃO DE MUDAS E ARBORIZAÇÃO URBANA: uma das diretivas do Plano de Gestão Ambiental Municipal é zerar o déficit de 20 mil árvores em todo Município, com planejamento voltado à implantação de espécies adequadas ao correto processo de arborização urbana. Para dar conta dessa demanda, a Semeia busca autossuficiência na produção de mudas.

São muitos os benefícios das árvores para as cidades e para as pessoas:

• redução da velocidade dos ventos;

• diminuição da poluição sonora e acústica;

• absorção de parte dos raios solares;

• formação de sombra e aumento da umidade atmosférica, refrescando o ar das cidades;

• fornecimento do habitat, de comida e proteção a plantas e animais, aumentando a biodiversidade urbana;

• absorção da poluição atmosférica, neutralizando seus efeitos nocivos à população;

• proteção do solo contra erosão;

• sequestro de CO2 - dióxido de carbono, também conhecido como gás carbônico - da atmosfera, diminuindo assim a concentração deste gás e consequentemente, desempenhando um importante papel no combate à intensificação do efeito estufa;

• combate às mudanças climáticas;

• proteção e aumento dos recursos hídricos;

• redução dos prejuízos na agricultura relacionados com enchentes, no aumento do estoque sustentável de madeira legal.

INSTRUÇÕES

Para que a visita ocorra com bastante tranquilidade é preciso estar atento a algumas orientações:

- vá com roupas confortáveis para trilha, leve seu cantil ou copo, use protetor solar e repelente, evite o uso de perfumes e desodorantes fortes;

- é proibido entrar com animais de estimação;

- todo resíduo gerado deverá ser descartado nas lixeiras;

- menores de idade deverão estar acompanhados de seus responsáveis no decorrer das atividades;

- grupos maiores deverão agendar a visita monitorada por meio telefônico ou por e-mail;

- em caso de chuvas as visitas monitoradas serão automaticamente canceladas;

- ao final da visita utiliza a hashtag #feriasnohortojau em suas redes sociais.

Para visitar o local, que ficará aberto de segunda a sexta-feira, é necessário agendamento pelo telefone (14) 3621-6989 ou pelo e-mail (easemeiajahu@gmail.com).

O horário de funcionamento do Horto para visitas é das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias