Menu
Segunda, 04 de julho de 2022

Festa Junina sem culpa?

Nutricionista explica como aproveitar as comidas típicas, mas sem enfiar o pé na jaca

10 de Jun 2022 - 14h:00 Créditos: Divulgação/Lettera
Crédito: Divulgação

Começou a temporada dos comes juninos! Só de pensar nas barraquinhas de doces e salgados espalhadas pelos arraiás já dá para ganhar alguns quilinhos. Mas será que é possível consumir os pratos típicos sem culpa? Segundo Adriana Matinhão, nutricionista da Hapvida tem sim como aproveitar a comilança fazendo boas escolhas.

Diante de tantas opções, dê preferência aos alimentos que tenham baixo valor calórico e sejam ricos em fibras e minerais, como o milho e a batata-doce. “Milho cozido ou pipoca? Acredite! Tem espaço para os dois. A pipoca é rica em fibras, que ajudam no funcionamento do intestino, e possui minerais, como fósforo, magnésio e zinco. Se comparada ao milho cozido, ela tem um valor calórico melhor, ou seja, cada xícara (equivalente a um saquinho pequeno) de pipoca tem 55 calorias, enquanto uma espiga oferece, em média, 80. Porém, a opção cozida tem uma importante vitamina do complexo B, que ajuda a prevenir a anemia e vários problemas, o ácido fólico”, explica.

Queridinha das pessoas que praticam atividades físicas, a batata- doce cozida também tem presença garantida nas festas. Fonte de carboidrato complexo, ela apresenta um baixo índice glicêmico, ou seja, torna mais lenta a digestão e a entrada de açúcar no organismo. “Também é rica em fibras e cálcio. Em média, 100 gramas de batata-doce cozida correspondem a 75 calorias”.

Ele é rico em gordura, mas graças a uma parte dela ser considerada do bem, o amendoim faz bem ao coração. Mas atenção: cada 100 gramas dessa oleaginosa torrada equivalem a 550 calorias. “Então, uma paçoca, que leva outros ingredientes durante o preparo fica ainda mais calórica. Portanto, cuidado com a quantidade”, alerta a especialista. Aliás, a moderação deve ser usada sempre que estiver diante de uma mesa cheia de doces típicos. “Evite comer demais. Para isso, não saia beliscando todas as opções. A dica é escolher apenas aquele que mais gosta e comê-lo sem culpa”, finaliza.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias