Menu
Quarta, 03 de março de 2021

5 passos de como manter a rotina das crianças neste fim de ano

As férias escolares e isolamento social aliadas têm deixado os pais de cabelo em pé

11 de Dez 2020 - 10h:33 Créditos: Assessoria, Minds
Crédito: .

O ano de 2020 foi muito desafiador para quem tem filho. Estabelecer uma rotina para os pequenos, em tempos de isolamento social, foi bem complicado já que os pais tiveram que se adaptar ao home office. De uma hora para a outra, não era necessário acordar as crianças e apressá-las para não se atrasarem na escola. Mas era necessário cobrá-las de sentarem na frente de uma tela e estudarem.

Com a pandemia, percebeu-se o quanto a rotina é importante na vida das crianças. Um estudo do Medical College of Georgia, da Augusta University, nos Estados Unidos, mostrou que um programa de atividades artísticas com regras, rotinas e atividades claras, supervisionado por adultos atentos e com chance de interação com colegas, funciona para a melhora da qualidade de vida, o humor e a autoestima de uma criança com sobrepeso ou obesidade , tanto quanto um programa regular de exercícios. Ou seja, a pesquisa revelou o poder da rotina e do envolvimento das crianças nela!

Agora voltamos ao ponto inicial, as férias de final de ano. Antes esse período de recesso escolar era aproveitado com passeios, parques e colônias de férias. E agora que elas vão ficar em casa sem nenhuma atividade? "É nesta hora em que as crianças precisam de rotinas que não pareçam rotinas, que sejam estimuladas a brincarem e aprenderem. Isso ajudará que essas crianças se tornem adultos organizados e focados", evidência Augusto Jimenez, Diretor da Minds Idiomas e psicólogo educacional.

Pensando em toda essa dificuldade dos responsáveis, o Psicólogo Educacional e Diretor da Minds Idiomas, Augusto Jimenez montou 5 dicas para ajudar aos adultos a manterem as rotinas das crianças neste férias escolares:


• Seja leve

Se para nós estarmos em isolamento social foi algo desafiador, imagine para os pequenos? Então, qualquer atividade deve ser leve. Você também pode chamar os seus filhos para participarem das decisões das rotinas. Quais atividades eles desejam fazer na semana e delimitar, juntos, o tempo para diversão e outras obrigações na casa.

• Insira a criança nas tarefas domésticas

Muitos pais não cobram dos filhos que estes devam realizar funções em casa, além do estudo. Porém, é necessário criar um senso de responsabilidade na criança. Assim ela aprende a ser mais independente e ainda faz a sua parte nos afazeres da casa, mas lembre-se: a criança não deve ver isso como obrigação, mas sim uma atividade para ajudar no bom convívio da casa. A partir dos 4 anos, os pequenos já podem fazer algumas atividades em casa. Como recolher os próprios brinquedos e ordenar a cama.

• Invista em atividades extras

Pode ser este o momento, delas iniciarem um curso ou desenvolverem algum hobbie que gostem. Sempre com atenção, é claro! Cursos de inglês e dança podem ser ótimos, e podem ser feitos em casa. Aumente a interação com os pequenos. Um curso kids ou teens de idioma é uma opção para a garotada para este momento de isolamento que estamos vivendo.

• Partilhe atividades

Faça coisas juntos, busque saber o universo/aptidões do seu filho. Se for videogame, jogue junto. Se for uma boneca, brinque junto. Isso é muito importante. Mas, lembre-se, os gostos são dos seus filhos mesmo que você não os entenda, participe deles.

• Use a criatividade

Lembra das brincadeiras que você adorava quando criança? Desenterre! Isso mesmo! Faça a criança desprender um pouco do celular e aproveitar o tempo em família. Pata cega, pique esconde, gato mia, contação de histórias, e até a famosa adedanha (Stop). Todos esses hábitos antigos podem ser renovados e adaptados para a diversão de toda a família.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias