Menu
Sábado, 15 de maio de 2021

Liga dos Campeões: Bayern massacra Barcelona por 8 a 2 e está na semi

Brasileiro Philippe Coutinho, emprestado pela equipe catalã, fez dois

14 de Ago 2020 - 22h:52 Créditos: Agência Brasil
Crédito: Jogo do Barcelona. Agência Brasil/Reuters

O Bayern de Munique protagonizou nesta sexta-feira (14) um dos maiores massacres da Liga dos Campeões, pois goleou o Barcelona por 8 a 2 em uma partida de quartas de final que entrou para a história da competição.

O alemão Thomas Müller deu os primeiros sinais do resultado que seria construído ao marcar logo aos quatro minutos da primeira etapa. Porém, o Barça empatou rapidamente com um gol contra de Alaba e perdeu duas chances claras de virar.

Porém, depois disso o Bayern dominou o jogo completamente.

Com gols de Ivan Perisic, Serge Gnabry e outro de Müller em um espaço de 10 minutos, o Bayern abriu uma vantagem de 4 a 1 ainda no primeiro tempo, e nem mesmo um gol de Luis Suárez no início da etapa final fez com que o Barça esboçasse um sinal de reação.

Kimmich concluiu uma bela jogada de Alphonso Davies para marcar o quinto, enquanto um gol do artilheiro Robert Lewandowski e dois tentos de Philippe Coutinho (emprestado ao Bayern pela equipe catalã) no final do jogo completaram a humilhação do Barcelona.

PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões

O PSG protagonizou uma grande reação nesta quarta-feira (12) ao derrotar o Atalanta por 2 a 1 com dois gols no final do jogo, e garantindo sua classificação para as semifinais da Liga dos Campeões.

Após uma boa atuação da equipe italiana, tudo indicava que a Atalanta eliminaria o PSG da competição, mas o brasileiro Marquinhos conseguiu empatar no último minuto após receber passe de Neymar. E, já nos acréscimos, o camisa 10 do time de Paris achou o francês Kylian Mbappé, que descolou uma assistência para Eric Maxim Choupo-Moting virar o jogo já nos acréscimos.

Com Mbappé iniciando a partida no banco de reservas após uma lesão no tornozelo, coube a Neymar a tarefa de dar criatividade ao time francês, e ele perdeu uma grande chance logo no início da partida, na cara do gol.

Apesar da enorme disparidade financeira entre os times (o PSG gastou mais em Neymar e Mbappé do que o total pago pela Atalanta por seus jogadores desde a temporada 2001/2002), os italianos saíram na frente aos 27 minutos do primeiro tempo, com um belo chute colocado de Mario Pasalic.

Contudo, o show do PSG nos minutos finais foi suficiente para classificar o time do técnico alemão Thomas Tuchel para as semifinais, enquanto os exaustos jogadores da Atalanta desabaram no gramado após a derrota.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias