Menu
Sábado, 15 de maio de 2021

Polícia arranca pé de maconha 'abençoada' que nasceu em jardim da igreja

Fonte: Tem Coisas Jaú

15 de Dez 2020 - 16h:45 Créditos: Paulo César Grange, com Tem Coisas
Crédito: Tem Coisas Jaú

Primeiro era um vídeo que circulava na internet mostrando que poderia ter uma plantinha danada em jardim da Igreja Matriz, em Jaú. Depois a Polícia foi lá conferir e não é que era verdade. A planta com mais de um metro de altura era maconha. Os policiais arrancaram o pé e levaram para a delegaria. Plantar maconha é crime. Imagine quem cuidou da muda para chegar ao tamanho que está hoje?

Nas postagens, a população ironizava a situação, querendo saber quem fez o plantio. A única certeza é que ali não teria colheita. Um dos internautas desconfia dos guardadores de carro que trabalham nas proximidades. "Foi esses cara aí que cuida do carro que plantou. Certeza. Plantou perto da igreja para ninguém desconfiar". Tem ainda todo tipo de opinião, alguns até questionando a igreja por não cuidar direito do próprio jardim.

A seguir, a reportagem na página Tem Coisas Jaú:

PLANTADO NO JARDIM DO LADO DA IGREJA, PÉ DE MACONHA É APREENDIDO PELA PM

Um pé de maconha foi apreendido pela Polícia Militar nesta terça-feira (15/12), após denúncia de populares que encontraram a cannabis no jardim ao lado da Igreja Matriz, na região central de Jaú. Plantada em uma área pública, a Policia não tem informação de quem estava realizando o cultivo da planta, que atingiu uma altura superior a 1,50m. A maconha foi encaminhada ao IC (Instituto de Criminalistica)

De acordo com a Lei nº 11.343, de 2006, que instituiu o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, semear, cultivar ou colher, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar, plantas que se constituam em matéria-prima para a preparação de drogas gera penas de reclusão de 5 a 15 anos e pagamento de 500 a 1.500 dias-multa.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias