Menu
Quarta, 04 de agosto de 2021

Cassaro assina com Detran projeto de 2004 de educação viária

.

20 de Jul 2021 - 18h:08 Créditos: Paulo César Grange, com Seceom Jahu
Crédito: Divulgação/Secom - Cassaro em São Paulo.

O prefeito Ivan Cassaro participou na manhã desta terça-feira de reunião em São Paulo para a assinatura de convênio entre Detran-SP e Prefeitura. Nele foi formalizada a adesão de Jaú ao programa "Educação Viária é Vital". O projeto em SP existe de 2004 e é mantido pelo Detran-SP em parceria com a Fundación MAPFRE, e visa reduzir os índices de acidentes de trânsito. Utiliza-se de ações educativas que primem pela adoção de comportamentos básicos para um deslocamento seguro, de maneira que crianças e adolescentes possam adquirir hábitos que contribuam para a formação de cidadãos mais atentos, conscientes e respeitosos em relação à segurança viária.

A Secretaria de Comunicação informou que acompanharam o prefeito a secretária de Educação, Elenira Cassola, e a professora Ana Camila Dadamos. Não foram divulgadas que tipos de ações serão realizadas em Jaú e quando terão início.

Cassaro e as dirigentes da Secretaria de Educação de Jaú

No site do Detran tem detalhes sobre o programa:

O Detran.SP, sob a coordenação da Diretoria de Educação para o Trânsito e Fiscalização, em parceria com a FUNDACIÓN MAPFRE, desenvolve o Programa “Educação Viária é Vital” desde 2015.

O Programa “Educação Viária é Vital” chegou ao Brasil em 2004 e, desde então, vem se consolidando como uma ação educativa interessada em incentivar a pesquisa e a compreensão do trânsito a partir da ótica das relações humanas no contexto da circulação pelos espaços públicos.

O Programa atuou diretamente com os educadores da rede pública (professores e coordenadores pedagógicos), fomentando a realização de projetos que favorecessem práticas de convivência harmoniosa no trânsito.

A missão última do Programa é reduzir os índices de acidentes de trânsito por meio de ações educativas que primem pela adoção de comportamentos básicos para um deslocamento seguro, de maneira que crianças e adolescentes possam adquirir hábitos que contribuam para a formação de cidadãos mais atentos, conscientes e respeitosos em relação à segurança viária.

Para tanto, durante o desenvolvimento do Programa, foram fornecidos materiais didáticos de apoio e orientação para a elaboração de projetos escolares que foram desenvolvidos pelos educadores, em conjunto com os alunos.


Objetivos

O programa se propôs a:

•  Envolver os alunos em observação, análise e crítica das condições de circulação dentro da escola, na comunidade do entorno (bairro) e na cidade;

•  Promover ações solidárias, participativas e responsáveis entre os alunos envolvidos, que incentivem a circulação segura e harmoniosa dentro e fora da escola;

•  Favorecer a adoção de hábitos e atitudes seguras e solidárias na circulação destes alunos nos espaços da escola, da comunidade e na cidade;

•  Dar visibilidade a projetos escolares que se destaquem na implementação de ações educativas sobre a circulação viária.


Público-alvo

O Programa “Educação Viária é Vital” foi direcionado a alunos, familiares e profissionais de educação das escolas públicas municipais de Ensino Fundamental.


Metodologia

A educação viária para alunos é um conjunto de técnicas e conhecimentos teóricos e práticos, desenvolvidos no Programa por meio de dois momentos distintos:

1º) Capacitação presencial e a distância de profissionais de educação da rede municipal de ensino para o desenvolvimento de projetos educacionais, totalizando 40 horas de capacitação;

2º) Desenvolvimento prático dos projetos educacionais, em conjunto com os alunos.


A capacitação dos educadores ocorrerá em duas fases, presencial e à distância. A capacitação presencial terá turmas compostas de até 36 participantes, carga horária de 4 (quatro) horas e será no município.

A capacitação a distância terá o caráter complementar de apoio às atividades a serem desenvolvidas, com carga horária de 36 (trinta e seis) horas, incluindo o tempo investido na sistematização dos projetos pela Ficha de Inscrição, totalizando 40 (quarenta) horas de capacitação.


Impactos esperados

Com o Programa “Educação Viária é Vital”, pretendeu-se contribuir para a formação de cidadãos conscientes e responsáveis pela segurança individual e coletiva, resultando em:

•  Redução de mortes, deficiências físicas e outras implicações para as vítimas de acidentes de trânsito, suas famílias e outros dependentes;

•  Redução dos custos com saúde no tratamento e reabilitação das vítimas;

•  Promoção da adoção de comportamentos e de ambientes seguros e saudáveis;

•  Aumento da qualidade de vida, respeito ao outro e ao bem-estar coletivo, assim como da corresponsabilidade social;

•  Preservação de vidas, prioritariamente as de crianças e jovens, principais vítimas no trânsito;

•  Conhecimento, respeito e ação em favor dos Direitos Humanos.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias