Menu
Sábado, 17 de abril de 2021

Ivan Cassaro é mais rígido que Dória e suspende aulas presenciais em janeiro e fevereiro

Decreto está no site da Prefeitura

22 de Jan 2021 - 21h:35 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: Reprodução de trecho do decreto que veda aulas presenciais

O prefeito de Jaú, Ivan Cassaro, foi mais rígido do que o governador João Dória do que se refere ao retorno das aulas presenciais. Pelo Plano São Paulo, as aulas na rede pública podem retomar em 8 de fevereiro e nas redes particulares em 1º de fevereiro. Decreto de Cassaro publicado on line nesta sexta-feira veta qualquer tipo de aula presencial nos meses de janeiro e fevereiro.

Ou seja, em algumas cidades as aulas poderão ser retomadas com base no Plano São Paulo, mas em Jaú a volta  às aulas planejada principalmente pelas escolas particulares poderá ocorrer só em março. Isso se não tiver prorrogação da restrição. Duas escolas de Jaú, Fundação e São Lucas, retomariam as aulas já nesta segunda-feira, dia 25. Agora, as aulas serão à distância.

O decreto 7.929 de 22 de janeiro de 2021 aponta o agravamento da pandemia como um dos motivos para proibir aulas presenciais na educação formal (básica e superior), além de suas respectivas modalidades, como também o setor de educação complementar. “É vedada... a realização de quais atividades ou eventos com alunos que possam gerar aglomerações nas dependências dos estabelecimentos educacionais.”

ÍNTEGRA DO DECRETO. CLIQUE AQUI

VEJA DEMAIS DECISÕES DO DECRETO. O QUE PODE OU NÃO FUNCIONAR

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias