Menu
Quinta, 30 de junho de 2022

Jaú vacina contra a gripe mais de 200 reeducandos do CR; público geral ainda não pode receber a dose

Cidade só imuniza pessoas do grupo prioritário, diferentemente de Bariri, que já vacina toda a população

22 de Mai 2022 - 20h:45 Créditos: Redação
Crédito: Divulgação/Secom

A vacina contra a gripe chegou ao Centro de Ressocialização (CR), em Jaú, mais um dos grupos prioritários para serem imunizados. Foram aplicadas 215 doses aos reeducandos do local. A Secretaria de Saúde de Jaú segue as diretrizes do Estado, diferentemente da vizinha Bariri, que há vários dias já incluiu toda a população na lista das pessoas que podem receber a vacina.

A Secretaria de Saúde de Jaú informa que a vacinação contra a gripe está disponível em todas as unidades de saúde, sem necessidade de agendamento, para pessoas que integram os seguintes grupos:
– Idosos acima de 60 anos;
– Trabalhadores da saúde;
– Crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias;
– Gestantes e puérperas;
– Indígenas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades; e
– Forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários e população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

BARIRI

O portal G1 Bauru publicou cinco dias atrás notícia de que Bariri já vacina todo mundo da cidade. Veja abaixo trechos e no fim o link completo da reportagem.

A Prefeitura de Bariri (SP) anunciou na segunda-feira (16) a ampliação da vacinação contra a gripe para todos os públicos (com mais de seis meses de idade) e categorias profissionais da cidade. O motivo da mudança foi a baixa procura dos grupos prioritários previstos na campanha de vacinação contra a influenza.

Bariri, com cerca de 35,5 mil moradores, vacinou contra a gripe cerca de 5,7 mil moradores, o que representa 16% da população. A meta da campanha é imunizar 90% dos públicos-alvo.

"O município recebe um total de doses com base nas pessoas vacinadas do ano anterior e estamos com cobertura abaixo do ideal. Acredito que, por conta do alívio na pandemia, as pessoas deram uma relaxada e isso tem nos preocupado, tanto com relação à vacina da gripe, como a da Covid, para a qual ainda temos bastante faltosos", explicou Marina Prearo, diretora de Saúde de Bariri.

LEIA MAIS. CLIQUE AQUI

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias