Menu
Segunda, 12 de abril de 2021

Jornal noticia morte após invasão de horta e população fala em “CPF cancelado”

Ex-presidiário recebeu golpe de machado, foi socorrido, mas não sobreviveu

22 de Jun 2020 - 16h:40 Créditos: Paulo César Grange, com Noticiantes, Plantão de Polícia e Central da Notícia
Crédito: Reprodução internet: P.A. Itapuí

Causou muita repercussão nas redes sociais a morte de um ex-presidiário em Itapuí, que tentou invadir uma horta e foi morto pelo agricultor. A notícia foi divulgada pelo jornal Noticiantes/Bariri e outros canais, como Central da Notícia e Jaumais. Seria legítima defesa? Nas redes sociais a maioria já deu um veredito: “CPF cancelado”. E aprovam a reação do agricultor. Isso mostra a falta de confiança do cidadão na justiça. A gíria normalmente é usada para falar que um bandido foi morto.


“CPF CANCELADO” E “PARABÉNS AO AGRICULTOR”

Tem gente que recorre à Bíblia para defender a atitude do proprietário da horta. E qualquer comentário contrário a essa linha do “CPF cancelado” era questionada sobre “se fosse seu pai o atacado”, “leva pra casa”...  Abaixo, alguns comentários colhidos que representam a maioria do que pensam o cidadão.

“Legítima defesa. CPF cancelado com sucesso”

“Parabéns ao agricultor, Um CPF cancelado a menos. Justiça no Brasil só funciona com as próprias mãos”

“O cidadão defende o seu patrimônio sua vida pelo qual esse direito é garantido pela Constituição ainda é chamado de suspeito”

“Parabéns, defendeu sua propriedade e sua vida. CPF cancelado com sucesso.

“Pessoal esse agricultor fez certo. Se o ser entrou pra roubar, provavelmente, também iria deixar pessoas feridas. O agricultor defendeu seus bens mais preciosos, a família. Parabéns, senhor agricultor”

“Antes um verme do que um trabalhador”

" Se o ladrão for achado roubando, e for ferido, e morrer, o que o feriu não será culpado do sangue" (Êxodo 22.2) Corretíssima a atitude do proprietário.

“Lamentável o episódio. Eu só não sabia que existia tanto criminalista em Jaú como estou vendo nos comentários. Incrível como esses juristas de facebook conseguem julgar sem sequer terem acesso aos autos!”


COMO OCORREU A MORTE

O Noticiantes informou o seguinte: “Na manhã de hoje (22), um ex-presidiário foi morto após tentar roubar produtos de uma horta em Itapuí. Segundo informações, o suspeito de cometer a ação é dono da propriedade, que justificou legítima defesa. O reeducando teria avançado contra ele munido de um pedaço de madeira, após ser flagrado cometendo o delito.

E ainda: “Os dois homens entraram em luta corporal e o agricultor acabou acertando o invasor. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra diversas testemunhas no momento da ocorrência. O ex-detento foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Agricultor e testemunhas estão prestando depoimento na Delegacia Civil de Itapuí.”

O canal Plantão de Polícia.Net informa outra dinâmica: "De acordo com as primeiras informações, um lavrador, identificado apenas pelas iniciais - J.A.M - de 29 anos,   dono de uma propriedade agrícola onde ele mantem uma horta, teria se desentendido com a vitima, G.W.S.C., de 26 anos,  quando foi até a casa dele  para recuperar produtos que  o dono da horta alega  teriam  sido furtados da propriedade dele. Durante o dialogo entre os dois, a vitima, G.W.S.C teria se armado com uma barra de ferro e durante a briga corporal entre os dois, o dono  da horta teria desarmado a vitima e a agrediu com golpes na cabeça.  Esse o teôr da versão do dono da chácara. A Polícia Civil trabalha em investigações no sentido de apurar a veracidade das informações contidas no depoimento do agricultor e quais os reais motivos do crime.

O canal Central da Notícia deu outros detalhe: “...O indivíduo entrou na propriedade do agricultor e passou a pegar objetos da sede. O agricultor percebeu a movimentação e foi até o local, onde o indivíduo, em posse de um pedaço de madeira, avançou contra o agricultor. Segundo informações, após luta corporal, o agricultor acertou com um machado o criminoso, que chegou a ser socorrido, mas chegou sem vida no hospital de Itapuí. O ex-presidiário não era morador da cidade.”


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias