Menu
Sexta, 18 de setembro de 2020

Câmara suspende sessões, proíbe acesso de pessoas e libera funcionários de grupos de risco

.

24 de Mar 2020 - 12h:26 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: Reprodução

A Câmara de Jahu resolveu endurecer as medidas para ampliar o combate ao coronavirus, diante do avanço da pandemia no Brasil. Novas medidas foram anunciadas nesta terça-feira pelo presidente José Carlos Borgo.

A principal delas é a suspensão das sessões ordinárias realizadas às segundas-feiras. Também está proibido o acesso de cidadãos ao interior da Câmara e aos gabinetes parlamentares.

Foi definido ainda que funcionários que integram grupos de risco que fiquem em casa, trabalhando à distância. Também foi fechado o Espaço Cidadão, local onde é disponibilizada internet gratuita.

Na nota enviada pela Câmara, Borgo diz que “em virtude do avanço da pandemia do COVID-19 (coronavírus) e  das recentes restrições impostas pelo Poder Executivo e o governo do Estado, além dos protocolos emitidos pela Organização Mundial de Saúde, pelo Ministério da Saúde, pela Secretaria Estadual de Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde, a presidência da Câmara decidiu aplicar novas determinações para evitar a propagação da doença”. 

“A partir de agora, a Câmara irá funcionar apenas internamente, sem atendimento ao público, no período de oito da manhã ao meio-dia. Também estão suspensas, por tempo indeterminado, as Sessões Ordinárias, Sessões Solenes, Audiências Públicas, visitas agendadas e viagens solicitadas pelos senhores vereadores.”

Desde o dia 20 de março, os servidores pertencentes ao grupo de risco e os que apresentam sintomas de resfriado ou gripe estão sendo dispensados de suas funções. Agora, com o Ato da Presidência nº 04, de 24 de março de 2020, os demais funcionários poderão trabalhar em sistema de revezamento e também à distância, mediante coordenação de suas respectivas chefias.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias