Menu
Sábado, 17 de abril de 2021

Lockdown de Brotas a Piracicaba e outras cidades da região neste fim de semana

Com o avanço de casos de coronavíus e o medo de uma invasão paulistana, cidades do interior estão adotando lockdown neste fim de semana em diferentes graus de fechamento.

24 de Mar 2021 - 22h:09 Créditos: Paulo César Grange, com G1. Brotense FM e São Pedro News
Crédito: Brotas, fechada: FOTO: DIVULGAÇÃO

Com o avanço de casos de coronavíus e o medo de uma invasão paulistana,  cidades do interior estão adotando lockdown neste fim de semana em diferentes graus de fechamento. O objetivo é evitar o contágio pelo coronavírus com a possível vinda de turistas de São Paulo e preservar o sistema de saúde de casa cidade, todos superlotados.

De Brotas a Piracicaba, passando por Torrinha, Santa Maria da Serra, São Pedro e Águas de São Pedro vão fechar setores não essenciais e devem instalar barreiras sanitárias na entrada das cidades. Por outro lado, Igaraçu do Tietê, Agudos, Lençóis Paulista, Botucatu e LIns também publicaram decretos restringindo as regras da fase emergencial da quarentena para tentar conter a disseminação da Covid.


Brotas - A Estância Turística de Brotas irá decretar fechamento das atividades essenciais a partir das 00h de sexta-feira do dia 26/03, até às 00h de segunda feira 29/03. Só será ser permitido o funcionamento de farmácias e atendimento hospitalar durante esse período.

Esse foi o pronunciamento do Prefeito Leandro Corrêa e do secretário Fábio Pontes em live realizada na página oficial do Governo Municipal na data de terça-feira (23). Essas mesmas medidas serão adotadas do dia 02/04 até o dia 05/04 para tentar conter o aumento dos casos de Covid 19 no município. (FONTE: BROTENSE FM)

Torrinha - A prefeitura de Torrinha informou que vai decretar uma espécie de "lockdown" neste fim de semana. Todos os comércios, até os essenciais, só vão funcionar com delivery. A administração municipal justifica a medida para evitar fluxo de turistas da capital para o interior com o “feriadão” decretado em São Paulo. (FONTE: G1)

Igaraçu do Tietê  - A prefeitura de Igaraçu do Tietê também publicou novo decreto na tarde desta quarta-feira (24), adotando novas medidas de combate e prevenção à pandemia da Covid-19. A partir das 23h de sábado e durante todo o domingo, apenas farmácias, drogarias, postos de combustíveis e oficinas mecânicas podem funcionar sem restrições.

Também haverá fechamento de praças, vias públicas e locais públicos passíveis de gerar aglomeração. (FONTE: G1)

São Pedro e região - As entradas de São Pedro, Águas, Santa Maria da Serra, Charqueada e Ipeúna devem ter barreiras a partir de sexta-feira, restrições das atividades - mesmo as essenciais - e reforço na fiscalização, tudo para evitar a circulação de pessoas e uma situação ainda mais crítica na saúde são as decisões anunciadas pelos prefeitos Thiago Silva (São Pedro), Josias Zani Neto (Santa Maria da Serra), Rodrigo  Arruda (Charqueada), João Victor Barboza (Águas de São Pedro) e Diego Pinheiro (Ipeúna)  após reunião na manhã desta quarta-feira, 24, em São Pedro. No encontro, os prefeitos falaram por chamada de vídeo com o chefe do Executivo de Piracicaba, Luciano Almeida.

“Chamei os prefeitos da nossa região para conversar e adotar medidas similares, especialmente no período da próxima semana, quando foi decretado feriado na capital e região do ABC, o que pode estimular a vinda de muitas pessoas para nossas cidades e sobrecarregar ainda mais nosso sistema de saúde, que já está no limite”, disse o prefeito Thiago Silva.

A importância de os municípios adotarem regras similares para o funcionamento das atividades foi o ponto comum entre os prefeitos. “É muito importante controlarmos o fluxo das pessoas para evitar o colapso dos serviços de saúde da região”, disse Zani.  

Para João Victor Barboza, medidas diferentes adotadas podem estimular o fluxo de pessoas e da doença. “Essa reunião para a ação conjunta é fundamental, já que todos dependemos de Piracicaba, que é nossa referência em saúde. Temos que ter muito critério e cuidado com as medidas e é  muito importante que sejam tomadas regionalmente”.

Rodrigo Arruda também destacou o papel do alinhamento entre os municípios. “O trabalho isolado neste momento é em vão. Só perderíamos tempo, sem conseguir baixar a curva. Não tem médicos, medicamentos estão em falta, não tem hospital, nem  UTI. A população precisa entender que é necessário neste momento tomar esta atitude. Precisamos nos unir e todos os municípios falarem a mesma língua”, destacou.

Para Diego Pinheiro, é “extremamente importante” a união dos municípios, principalmente no bloqueio sanitário da entrada das cidades. “Se São Pedro fecha e Ipeúna não fecha, as pessoas acabam indo para lá e vice-versa. Sou totalmente favorável ao bloqueio sanitário nas entradas e que cada um adote medidas similares em relação ao comércio”, afirmou.

As medidas adotadas por Piracicaba, que anunciou ações restritivas a partir de sábado, dia 27, até o dia 4 de abril, vão servir de guia para os municípios, que agora aguardam a publicação do decreto municipal em Piracicaba para elaborar suas próprias legislações. O documento de Piracicaba deve ser publicado no final da tarde desta quarta-feira. (FONTE: SÃO PEDRO NEWS)

Foto: Pedro Gil/Prefeitura de São Pedro.

MAIS NOTÍCIAS SOBRE LOCKDOWN EM CIDADES DO CENTRO OESTE ACESSE G1


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias