Menu
Sábado, 04 de dezembro de 2021

Comerciantes do Centro se encontram para criar Vizinhança Solidária: reunião nesta quinta

Comandante Capitão Perpétuo vai conduzir a reunião e orientar sobre medidas de prevenção

24 de Nov 2021 - 22h:13 Créditos: Paulo César Grange
Crédito: Escola Major Prado, local da reunião com comerciantes das imediações das ruas Amaral e Quintino

Cansados de serem vítimas de furtos , comerciantes da área central de Jaú, especialmente os localizados nas proximidades das ruas Amaral Gurgel e Quintino Bocaiúva, planejam criar um grupo de apoio para  tentar coibir furtos a estabelecimentos. Tem reunião nesta quinta-feira, às 10h, na Escola Major Prado, para discutir alternativas.

O objetivo é criar a Vigilância Solidária, que consiste num grupo no qual todos se mobilizaram para denunciar eventuais suspeitos ou ocorrência de crimes nas imediações. Com apoio da Polícia Militar e Prefeitura, grupos de vigilância envolvendo vizinhos são eficientes, já que quando nota-se algo suspeito a notícia se espalha deixando todos em estado de alerta. O foco é a prevenção de crimes.

Comandante da 1ª Companhia de Policia Militar do 27º BPM/I, Capitão Perpétuo, vai conduzir a reunião e orientar os proprietários de lojas e moradores sobre prevenção e combate a furtos e roubos na região. Segundo comerciantes, mais de dez estabelecimentos foram alvo de furtos de fios elétricos nos últimos dias - em Jaú tem lei que controla a compra desse material, mas a publicação da lei não reduziu o crime.

Além do capitão da PM também vão participar o secretário de Governo da Prefeitura de Jahu,  Paulo Ivo, em nome do prefeito Ivan Cassaro. Também terá um representante da Câmara, indicado pelo presidente João Brandão. Além de comerciantes vítimas ou não dos crimes naquela região.

A reunião será em uma sala de aula da Escola Major Prado cedida pelo diretor da escola.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias