Menu
Segunda, 12 de abril de 2021

Letícia Costa, jovem vítima de acidente em Jaú será sepultada às 18h em Torrinha

Moça de 19 anos morreu em acidente envolvendo Golf, cujo motorista fugiu do local

25 de Out 2020 - 15h:26 Créditos: Paulo César Grange, com Tem Coisas Jaú
Crédito: Reprodução Redes Sociais

Vítima de acidente às 6h deste domingo Comunico com imenso pesar o falecimento da jovem Letícia Machado da Costa, na Avenida Totó Pacheco (marginal da SP-225), em Jaú, a jovem Letícia Machado da Costa será sepultada às 18h em Torrinha, cidade onde mora. A informação do velório e do sepultamento foi divulgada pela mãe dela, Denise Machado, em postagem no Facebook. Letícia Costa tinha 19 anos de idade.

A notícia do acidente veio a público na manhã deste domingo em várias redes sociais. Numa delas, Tem Coisas Jaú, estavam fotos da moto conduzida por Letícia e do veículo Golf envolvido no acidente, cujo motorista fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Além de Letícia, outra moça estava na garupa e sofreu  ferimentos graves, sendo levada à Santa Casa de Jahu. Não há mais detalhes sobre essa moça.


De acordo com o Tem Coisas, “de acordo com informações preliminares da PM, trata-se de uma colisão entre carro e moto, que vitimou as ocupantes da motocicleta, sendo que uma morreu no local e a outra socorrida até a Santa Casa pelo SAMU, com apoio dos bombeiros, em estado considerado grave”

Prossegue a notícia, dizendo que a Perícia Técnica “foi acionada para elucidar as causas do acidente, já que no local, não haviam testemunhas e a PM não localizou (até aquele momento) a pessoa que estava na condução do VW/Golf. O nome do motorista que fugiu foi divulgado por testemunhas em comentários na postagem da Tem Coisas. O Jaumais se limita o direito de não publicar por não ter a confirmação de fontes oficiais.

“O delegado de Plantão também esteve presente. Câmeras de segurança de um restaurante nas proximidades poderão auxiliar nas investigações”, complementou a página, quando ainda não se tinha notícias do motorista fujão. Com o nome em mãos, a PM vai averiguar os motivos da fuga sem prestar socorro.

“O condutor do carro abandonar o veículo foi demais. Muita falta de vergonha na cara. Que a polícia local faça alguma coisa”, dizia um dos comentários.


Repercussão

Nas postagens sobre o acidente, muita comoção. Uma delas, de Giuliano Jaime Batistão Russumano, falava sobre a perda. “Quando os pais perdem um filho ( a) todos nós perdemos tb e compartilhamos da sua dor. Nossos sinceros sentimentos a todos os familiares.”

Letícia informa em sua página no Facebook, que trabalha no Salon Denise Machado, de propriedade da mãe localizado na Chácara Flora, nas proximidades de onde ocorreu o acidente. 

Letícia também vendia pizzas em cruzamento de avenida na cidade. Sobre isso, fez postagem no dia 16 de outubro: “Me perguntaram se eu tenho vergonha de vender pizza em sinal fechado e eu digo, com um imenso prazer, que não. Esse é o ganha pão da minha família. É com esse dinheiro que entra alimento na minha casa . Se precisar vendo água, vendo trufa, o que for mais honestamente.”


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias