Menu
Quarta, 27 de maio de 2020

Vacinação contra a gripe: suspensão temporária nessa sexta-feira

.

27 de Mar 2020 - 07h:50 Créditos: Divulgação
Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica, informa à população que a Campanha de Vacinação contra o vírus Influenza (Gripe) está temporariamente suspensa nessa sexta-feira (27/03).

 “Realizamos na última quinta-feira (26 de março) a vacinação de idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde. Recebemos oito mil doses do Ministério da Saúde. A vacinação está temporariamente suspensa em decorrência das vacinas terem esgotado. Assim que chegar novo lote de vacinas divulgaremos a retomada da vacinação. Agradecemos a todos os jauenses e lembramos que devemos evitar aglomeração para impossibilitar a proliferação do coronavírus. Dependemos da tranquilidade da população para que possamos executar nossas tarefas da melhor forma possível para atender a todos”, afirma a secretária de Saúde, Márcia Nassif.

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade, com tendência a se disseminar facilmente. Pode ser transmitida de forma direta por meio de secreções das vias respiratórias de uma pessoa doente ao espirrar, tossir ou falar. A transmissão também acontece por meio indireto pelas mãos que, após contato com superfícies recentemente contaminadas por secreções respiratórias de um indivíduo infectado, podem levar o vírus diretamente para a boca, nariz e olhos. É importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou utilizar o álcool gel, e evitar tocar os olhos, a boca e o nariz após o contato com essas superfícies.

Os sintomas da gripe, em geral, são febre alta, calafrios, tosse, dor de cabeça, dor de garganta, cansaço e dores musculares. 

Apesar da importância da vacina para prevenir a gripe, algumas pessoas precisam ficar atentas, pois há contraindicações. Indivíduos com histórico de reação alérgica grave às proteínas do ovo, crianças menores de seis meses e pessoas com doenças febris agudas não devem receber a vacina. 

A campanha se estende até 22 de maio. 

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias