Menu
Sábado, 17 de abril de 2021

'Diário do Jahu' mostra carro pichado do comerciante de Potunduva que pediu mais segurança

Vítima participa de movimento que pede mais policiamento e é ameaçada de morte

29 de Mar 2021 - 16h:16 Créditos: Paulo César Grange, com Diário do Jahu
Crédito: Diário do Jahu

O jornal digital Diário do Jahu publicou imagens do carro do comerciante do Distrito de Potunduva que foi pichado com ameaças de morte. O comerciante faz parte do movimento que pede mais segurança para o bairro. Acabou vítima daquilo que ele tenta combater. O sorveteiro diz que está difícil trabalhar no distrito. Recentemente esteve no gabinete do prefeito Ivan Cassaro para pedir mais segurança. Um vereador de lá também diz que sofre ameaças,

ABAIXO, O TEXTO DO DIÁRIO DO JAHU. NO FIM DO TEXTO, O LINK PARA O SITE


O dono de uma sorveteria no Distrito de Potunduva, em Jaú, teve o carro pichado com inscrições como “cagueta” e “X9”, termos utilizados para classificar delatores. Na lateral, chama a atenção a expressão “vai morre”(sic). A vítima, Paulo Valentim, é presidente da Associação de Moradores do bairro e participou de uma reunião com o prefeito Ivan Cassaro, na semana passada, para solicitar aumento do policiamento.

“Está muito difícil trabalhar no Distrito de Potunduva”, desabafa o proprietário do carro, que reclama também das aglomerações aos finais de semana. O encontro que pode ter motivado o vandalismo ocorreu na última quinta-feira (25/03) e contou com a presença de aproximadamente 20 comerciantes, além dos vereadores Jéferson Vieira e Cezar Carlos Azevedo (Sabará).



Os moradores reclamam, principalmente, de irregularidades e atos de violência na região da Avenida Santa Catarina. Com base nisso, pediram ao chefe do executivo que libere policiais militares para atuação em Potunduva por meio da atividade delegada, convênio entre PM e Prefeitura.

A pichação aconteceu na noite de ontem (28/03), quando o comerciante estacionou o carro em frente de casa e permaneceu lá dentro por poucos minutos. No momento em que saiu do imóvel, já se deparou com o veículo danificado. A vítima afirma que tem suspeitas sobre quem pode ter praticado o ato e, por isso, vai registrar um boletim de ocorrência.

Vereador ameaçado

Eleito vereador com base de votos no Distrito de Potunduva, Jéferson Vieira, confirma a necessidade de maior segurança, já que o bairro não conta com base da Polícia Militar ou policiais fixos para o patrulhamento. Segundo ele, esse trabalho em busca de apoio para mais policiamento tem gerado conflitos com alguns criminosos; o vereador alega ter sido ameaçado por um morador na semana passada enquanto caminhava pela Avenida Santa Catarina.

VEJA REPORTAGEM DIRETAMENTE NO JORNAL DIGITAL

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias